O suspeito de ter assassinado uma idosa de 68 anos, no bairro Altos da Serra, em Cuiabá, foi encontrado morto na última terça-feira (28.04), cerca de 7 quilômetros da Ponte de Ferro, dentro de uma lagoa, na região do Rio Aricá, na Capital.

A vítima Erzita Maria dos Santos Magalhães, de 68 anos, foi morta por asfixiada e com suspeita de estupro. O crime ocorreu na segunda-feira (27.04), na casa da vítima, no bairro Alto da Serra, e no local policiais da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) e perícia encontraram roupas espalhadas e recolheram preservativos.

O delegado Andre Renato Gonçalves informou que já no local os policiais levantaram informações que indicavam para o suspeito Vilmarcio de Melo Marques, 30 anos, que é conhecido da família da vítima e que segundo os familiares há cerca de 1 mês teria tentado estuprar a idosa.

Leia também:  Rapaz suspeito de furtar pizzaria é preso pela PM na Vila Operária

“Já tínhamos ele como principal suspeito, fato que veio a confirmar com sua morte. Agora vamos aguardar o exame de DNA do material biológico da vítima em confronto com o material do suspeito, para confirmar a autoria”, disse o delegado.

O suspeito Vimarcio de Melo foi encontrado dentro do córrego, com sinais de lesão na cabeça. A vítima estava sem documentos e foi identificada na quarta-feira (28), na Coordenadoria de Medicina Legal. O homicídio é investigado pela equipe do delegado Antônio Carlos de Araújo.

Segundo as investigações ele é usuário de drogas e morava no mesmo bairro da idosa.

Os delegados André Renato e Antonio Carlos Araújo irão dar mais detalhes das investigações, às 15 horas, desta quinta-feira (30), na sede da DHPP, em Cuiabá.

Leia também:  Ex-PM envolvido em assaltos é preso ao tentar atirar contra policiais na Capital
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.