A guarnição da Companhia Aurora, recebeu uma solicitação via telefone, neste sábado, (25), por volta das 11h30, em que o suspeito R.F.S. de 22 anos, se apresentava para os Policiais Militares informando que, na segunda-feira (20), por volta das 23h45, transitava pela rua 06, no Bairro Parque São Jorge, quando o suspeito vulgo “Seco”, que seria Everton Gonçalves Santos, 22 anos, partiu em sua direção, em posse de uma arma branca, tipo faca, visando tentar contra a vida dele.

Essa foi a versão dada por R.F.S. a Polícia Militar  e que teria sido por isso que sacou o revólver calibre 22, da marca Dallas, n° D2912 e efetuou vários disparos contra o suposto agressor, o qual mesmo atingido continuava a perseguir e tentando atacar-lhe, obrigando o detido a evadir-se do local, porém a vítima foi socorrida pelo SAMU, que foi acionada por terceiros, e levada até o Hospital Regional em estado grave.

Leia também:  Após denúncias, suspeito de caçar animais silvestres é preso

Depois disso, R.F.S. teria jogado a arma de fogo em um matagal, onde levou a guarnição que a encontrou enrolada em um pano dentro de uma sacola.  A razão de estar armado era para a própria proteção, visto que o tal “Seco”, teria ido por duas vezes na sua residência portando uma arma de fogo e dizendo que estava procurando-o para matá-lo.

Diante disso, R.F.S., foi encaminhado até a 1ª Delegacia de Polícia, juntamente com a referida arma, para que sejam entregues a Autoridade Policial Plantonista, iniciando assim a investigação que esclarecerá melhor o fato.

A Polícia Militar não divulgou o nome do autor dos disparos.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.