O GP da Austrália abre a temporada da Fórmula 1 desde 1996, com exceção dos campeonatos de 2006 e 2010. E o circuito de Albert Park, em Melbourne, continuará sendo o primeiro da lista em 2016, mas com uma diferença significativa. A corrida de abertura acontecerá no dia 3 de abril – mais de duas semanas após o dia escolhido para iniciar a disputa de 2015, em 15 de março. Com a confirmação da primeira data para o próximo ano, a expectativa é que o calendário da categoria fique mais “apertado”, com intervalo menor de tempo entre as etapas.

– É fantástico que Melbourne seja mais uma vez o palco de abertura da Fórmula 1. Ao longo dos últimos 20 anos, a etapa australiana se tornou sinônimo do início da disputa, e estamos ansiosos para receber mais uma vez todas as equipes e pilotos em nossa cidade – disse o diretor do GP da Austrália, Andrew Westacott.
Com a troca de março pelo mês de abril, a corrida em Melbourne passa a ser realizada após o término do horário de verão australiano. Ao contrário dos últimos anos, quando a prova acontecia próximo ao anoitecer, com largada às 16h locais, a corrida em 2015 deve ter horário mais tradicional, no início da tarde.

Leia também:  Atletas sub 16 de Rondonópolis participam de competição em Cuiabá

– A nova data virá acompanhada por uma largada mais cedo, e os fãs podem esperar a mesma adrenalina na pista e diversão fora da pista ao longo dos quatro dias de atividades – endossou Westacott.

Todos os 19 circuitos que recebem a Fórmula 1 este ano devem ser mantidos para a temporada 2016. No entanto, apenas o GP da Austrália teve sua data anunciada até agora. O GP da Alemanha, que foi excluído da atual competição, ainda é dúvida para o ano que vem.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.