Escolher o soutien pode parecer uma tarefa fácil, mas é preciso levar em consideração fatores como o tamanho dos seios e, principalmente, a largura das costas.

Segundo especialistas, 80% das mulheres compram a peça de forma errada e sofrem com dores nos ombros e na coluna.
A importância do soutien

O soutien é uma peça feminina que revela a intimidade, a sedução, a maternidade e sobretudo o cotidiano da mulher, desde a antiguidade. Cada época foi marcada por um modelo emblemático. Quem não lembra do triângulo de Bettie Page, da Beat Generation, e do cône provocador de Madonna, criado por Jean Paul Gaultier nos anos 80? Como esquecer o push-up usado pela top Eva Herzigova, em 1994, ou o modelo colegial usado por Britney Spears, nos anos 2000?

Para cada menina, a compra do primeiro soutien é um momento único, uma passagem inicial em direção ao cotidiano de uma mulher adulta. O corpo dela vai mudar mudar e as necessidades vão se renovar ao longo da vida.

O soutien não é somente um acessório de moda, mas uma peça necessária à manutenção do tônus do busto. Com o tempo, as fibras da pele dessa região do corpo amolecem e os seios perdem a firmeza. Mesmo os pequenos seios podem ficar mais flácidos, com a idade.

Existe um modelo perfeito de soutien para cada situação do dia-a-dia. Em alguns momentos ele é mero coadjuvante, passa desapercebido em baixo da roupa. Em outros ele é protagonistas, um elemento de sedução que pode enlouquecer os homens. Mas o modelo preferido das mulheres, pra usar todos os dias, é aquele confortável e básico que vai bem com todas as peças de roupas.
Para escolher o soutien que se adapta melhor ao seu corpo, é importante seguir à risca as especificações de cada tamanho:

Leia também:  Colete: Saiba como usar a peça queridinha do momento | Moda e Beleza

Tamaho A: esses soutiens são destinados às mulheres que têm costas mais largas e bustos pequenos.

Tamanho B: são perfeitos para as mulheres mais proporcionais, que têm o mesmo tamanho de costas e busto.

Tamanho C: devem ser utilizados por mulheres que têm costas finas e seios grandes

Dicas para escolher o soutien correto

Os arcos do soutien têm que contornar todo a curva do seio.
Os bojos não devem sobrar nem dividir os seios.
Os modelos com as laterais mais grossas são ideais para as mulheres que querem esconder a gordurinha em baixo do braço.
A parte das costas não pode apertar, subir ou descer conforme os movimentos.
Os seios precisam estar acomodados de forma que o bojo não marque a pele, tanto nas laterais, quanto na parte superior.
Os mamilos devem estar centralizados e dentro do bojo.
As alças devem ser bem reguladas, sem escorregar.
As mulheres mais gordinhas devem sempre optar por soutiens com alças duplas e mais largas.
Ao longo do dia, é importante mudar a posição das alças do soutien no ombro. Isso impede que a pele fique machucada.
Soutiens de renda diminuem o tamanho dos seios.
Os soutiens do tipo triângulo são os mais indicados para as mulheres com pouco busto.

Leia também:  Conheça as tendências de acessórios que são a aposta do momento | Moda e Beleza

Modelos de soutien

Existem vários tipos e modelos de soutiens, mas é importante saber que nem todos são adequados ao seu biotipo. Por isso fique atenta e escolha somente as peças que valorizam seu busto.

Triângulo: para mulheres com seios mais rígidos. O formato em triângulo é uma opção perfeita para quem necessita de sustentação. A maioria não têm aros e possui alças mais finas. Indicado para as mulheres com seios mais durinhos, pequenos e médios.

Tomara que caia: sustentam os seios sem auxílio de alças. Modelos estruturados com taças espumadas, aro e laterais reforçadas, garantem maior sustentação. Indicado para seios rígidos e menores.

Balconê: esse modelo é mais sensual e tem um decote bem cavado. Ele é ideal para decotes em forma de quadrado, devido suas alças mais distantes. O balconê levanta o busto, causando o mesmo efeito que o espartilho. Esse tipo de soutien é indicado para as mulheres de seios pequenos e médios.
Push up: sutiã de bojo com volume interno e aro, além dos acessórios click para fechamento do sutiã na parte frontal. Esse modelo aumenta e junta os seios. Ideal para bustos separados, pequenos ou médios.

Leia também:  Confira modelos de faixas coloridas para bebês | Moda e Beleza

Frente única: suas alças contornam o pescoço, deixando as costas à mostra. São próprios para quem tem seios pequenos e médios. Não é indicado para bustos volumosos, pois pode provocar dores no pescoço.

Nadador: o formato “Y” nas costas permite maior liberdade aos movimentos. Indicado para quem deseja esconder as alças do sutiã.

Taça C: possue maior profundidade que os tradicionais. Geralmente, tem suporte com aro e não possuem enchimento. Especial para quem tem o tórax mais estreito e busto grandes.
Meia-taça: Esse tipo de soutien é ideal para quem tem o busto médio ou pequeno. Ele é muito usados para valorizar o decote, sem aumentar o volume dos seios.

Maternity: Taças com abertura funcional e cobertura destacável, com clipe. Especial para mulheres que estão amamentando.

Esportivo: a estrutura das taças e alças mantém os seios firmes durante a prática esportiva. Próprio para quem possui seios maiores.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.