Vereador Adonias e diretor da Ciretran Carlos Nazario - Foto: assessoria
Vereador Adonias e diretor da Ciretran Carlos Nazario – Foto: assessoria

O vereador Adonias Fernandes (PMDB) irá encaminhar nesta terça-feira (14) um ofício aos deputados, senadores, prefeito e ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) para pedir uma nova área para a 2ª Ciretran em Rondonópolis. Hoje o órgão ocupa um prédio alugado no bairro Coophalis e devido à falta de estrutura é enorme o número de reclamações da população.

Após uma reunião com o diretor da 2ª Ciretran de Rondonópolis, Carlos Nazário, o vereador Adonias fez a sugestão de solicitar a área do antigo DNIT, localizado na BR-364/163, e transformá-la na nova sede da Ciretran.

“Apesar do órgão ser de competência do Estado, como vereador não posso me omitir, afinal é uma situação que tem gerado problemas a população de Rondonópolis. Muita gente já me procurou para reclamar da Ciretran, então fui até o diretor para ver em que eu poderia ajudar”, explica o parlamentar.

Leia também:  "Distritão" não passa e regra para eleições de deputados devem ser mantidas

De acordo com o vereador as pessoas reclamam da demora no atendimento e também que muitas transportadoras e donos de caminhões estão ficando sem a licença porque no bairro onde está atualmente a Ciretran não pode entrar veículos de grande porte em horário comercial. “Por isso pensei naquela área que é espaçosa e fica bem na rodovia, isso facilitaria para todos”, afirma Adonias.

O diretor da 2ª Ciretran juntamente com a presidente da Associação dos Despachantes de Rondonópolis, Kátia, estiveram com o vereador visitando a área na semana passada. “O espaço é muito bom e seria o ideal para atender a nossa demanda. Sem contar que fica em uma área estratégica, bem na rodovia, o que facilitaria para os caminhões”, alega Nazário.

Leia também:  Vereador requer que problemas de falta de água em bairros sejam resolvidos

Segundo o diretor a ideia é também abrigar no mesmo local a Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito de Rondonópolis, para que todo o processo de licença fosse feito no mesmo lugar e ainda teria um espaço para colocar os veículos batidos. “Conversei com o delegado Regional, Henrique Meneguelo, que aprovou a ideia e se dispôs a ajudar para que o projeto seja concretizado”, disse.

Nazario afirmou que também já entrou em contato com o presidente do Detran, Rogers Jarbas, e que todos estarão empenhados para que a área que hoje está desocupada se torne a Ciretran. “Na próxima quinta-feira (16), um engenheiro do Detran virá a cidade para fazer um levantamento da área”, conta Nazário.

ÁREA

O local conta com um espaço de em torno de 11m² e com uma casa com mais de dez salas. Em alguns anos atrás, nesse mesmo local foi cogitado colocar uma outra unidade do Corpo de Bombeiros para facilitar o atendimento na rodovia, porém como a BR-163/364 passou a ser administrada pela Concessionária Rota Oeste, os atendimentos médicos também são de sua responsabilidade, ou seja, agora não haveria mais a necessidade de outra unidade.

Leia também:  Reunião com Núcleo Gestor do Plano Diretor acontece na Câmara de Vereadores na quinta-feira

A área está na posse da União, por isso o diretor Nazário conta que o Detran vai entrar em contato para ver se consegue passar o espaço para o Estado de Mato Grosso. Para agilizar o processo o vereador Adonias vai encaminhar um ofício para os deputados federais e senadores de Rondonópolis para que eles possam intervir junto à União.

 

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.