Foto: Assessoria
Ginásio Poliesportivo Aecim Tocantins – Foto: Assessoria

O Ginásio Poliesportivo Aecim Tocantins já pode ser utilizado pela população. O local, que passou por reparos nos últimos meses, não conta com qualquer risco aos usuários. A liberação do espaço foi dada nesta sexta-feira (08.05), após fiscalização realizada pela equipe da Secretaria de Estado das Cidades (Secid-MT). Dentre os itens que passaram por ajustes estão blocos de concreto, piso e alvenaria.

O local, que comporta até 11 mil pessoas, já foi palco de inúmeros eventos esportivos, entre eles campeonatos de basquete e até mesmo kung-fu. Para os dias 2 e 3 de julho de 2015 já estão programados jogos pela Liga Mundial de Voleibol. As partidas serão entre os times do Brasil e Itália. Além de Cuiabá, também receberão os jogos as cidades de Belo Horizonte (MG) e São Bernardo do Campos (SP).

Leia também:  Dois homens morrem eletrocutados enquanto trabalhavam em posto de combustível em MT

De acordo com o secretário de Cidades, Eduardo Chiletto, os reparos no ginásio foram realizados pela empresa Lotufo Engenharia e Construção, que é a responsável pela construção do espaço esportivo. Os valores empregados no local foram pagos pela construtora, pois compreendem inconformidades estruturais.

Além do espaço para o público, o Aecim Tocantins ainda conta com cabines de imprensa, alojamento, auditório, salas administrativas e quadra poliesportiva que atende diversas práticas de esporte. A obra custou cerca de R$ 26 milhões e foi inaugurada em maio de 2007.

Além dos reparos que já foram realizados, o Ginásio ainda passará por adequações técnicas para receber os jogos da Liga Mundial 2015. Dentre os itens que precisam ser reajustados estão a cobertura do local (telha de policarbonato), manutenção nas instalações elétricas e, projeto e adequações das instalações de prevenção e combate a incêndio e pânico.

Leia também:  Tarifa de pedágio da BR-163 tem desconto a partir desta quarta

Para que as obras sejam realizadas com maior celeridade, um convênio foi firmado entre a Federação Mato-Grossense de Futebol e o governo de Mato Grosso. Para a realização do evento serão investidos R$ 1,9 milhão, sendo que o valor de R$ 884.781,89 compreende apenas às intervenções técnicas.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.