Foto: Divulgação
A cantora Miley Cyrus – Foto: Divulgação

Em entrevista à agência de notícias Associated Press, nesta quinta-feira (7), a cantora Miley Cyrus falou pela primeira vez sobre sua bissexualidade. A popstar tocou no assunto enquanto divulgava sua nova fundação, a Happy Hippies, que dá apoio a jovens da comunidade LBGT.

Durante a entrevista, Miley comentou sobre seus relacionamentos e disse que “nem todos eles foram heterossexuais”. A cantora destacou se sente privilégiada por poder assumir sua bissexualidade. “Estou em uma posição, que sinto como se eu tivesse muito poder. Mas muitos jovens não se sentem assim e vivem sob a pressão dos pais”, comentou.

Miley também disse que não concorda com os rótulos sobre questões de identidade de gênero. “Eu nunca quis ser um garoto. Eu na verdade não queria ser nada disso. Não relaciono o que as pessoas dizem definindo se elas são um menino ou uma menina e foi isso que compreendi com o tempo: eu não odiava ser uma garota, mas odiava o rótulo que me davam por isso”, explicou.

Leia também:  Isabella e Gabriella | "A gente respira música e agora decidimos investir nisso"

“Seja feliz consigo mesmo, se ame. Somos ensinados a não nos amar, mas amem a si mesmos”, aconselhou Miley. A filha de Billy Ray Cyrus pretende, com sua fundação, focar na aceitação da comunidade LGBT e ajudar os jovens desabrigados e de camadas sociais vulneráveis. “Não será um processo do dia para a noite. Vamos ter que entrar na cabeça das pessoas e nos esforçar para o assunto ser discutido”, disse.r.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.