O maior produtor do Brasil vai oferecer menos algodão nesta safra. Segundo o relatório de oferta e demanda do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) espera-se que a oferta de pluma mato-grossense seja de 857,8 mil toneladas, 14,8% menor na safra 2014/15 do que foi na 2013/14.

Conforme os economistas do instituto, isso se deve à menor produção do Estado, desestimulada pelos baixos preços registrados ao longo do ano passado, principalmente em meados do primeiro semestre, período de planejamento da safra, em que as cotações estavam em R$ 54,93/@, 8,5% inferior ao ponto de equilíbrio.

Estima-se que a demanda pelo algodão mato-grossense seja de 850 mil toneladas, mais de 99% da oferta estimada. Nesta demanda, as estimativas apontam que 42,6%, ou seja, 362 mil toneladas, sejam exportadas, enquanto 442,5 mil toneladas seriam consumidas dentro das fronteiras brasileiras, resultando em estoques finais de 7,8 mil toneladas de pluma.

Leia também:  BNDES abre linha de crédito para pequenas empresas atuarem na China
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.