O vereador Ibrahim Zaher criticou durante uso da tribuna na sessão desta quarta-feira (6) a burocracia para a contratação de serviços básicos para o poder público. A exemplo, citou a limpeza e a exploração da lanchonete do Aeroporto Municipal “Maestro Marinho Franco”. Ele lembrou que segundo informações do município, será realizada a quarta licitação para exploração da lanchonete e a falta do serviço tem prejudicado os passageiros. Nesta terça, senhoras da sociedade foram à Câmara reivindicar melhorias para o local.

De acordo com Ibrahim, se houvesse uma revisão da lei para serviços básicos que não envolvessem volume grande de recursos, o processo seria mais rápido e as pessoas que usam os serviços não ficariam sem eles. “Entendo que os processos são demorados e acabam muitas vezes prejudicando os serviços ofertados à sociedade, seria viável a revisão da lei pelos nossos parlamentares para que o processo seja mais ágil”. A referência é em relação aos processos de licitação que possuem prazos e procedimentos regulamentados em lei.

Leia também:  Pré-candidatura de Bezerra ao Senado, pode abrir espaço para Adonias

O vereador elogiou a iniciativa das senhoras que foram à Câmara reivindicar melhores serviços no aeroporto e lembrou que já agendou com o prefeito Percival Muniz uma data para recebê-las, momento em que a administração apresentará projetos do que será melhorado no aeroporto e prazos para o restabelecimento dos serviços. Para Ibrahim, os vereadores contam com um reforço para fiscalizar o cobrar agilidade da administração.

Por outro lado, o vereador destacou a velocidade com que a comunicação evoluiu desde a passagem do Marechal Cândido Rondon no início dos anos de 1.900, lembrando da comemoração do Dia Nacional das Comunicações ocorrido nesta terça (5) e do nome da nossa cidade ser uma homenagem ao patrono das comunicações no Brasil. “É impressionante a evolução da comunicação e da tecnologia da informação de lá para cá. Hoje temos um celular com aplicativos gratuitos para nos comunicarmos com pessoas de outros países, isso nos aproxima das pessoas”, declarou.

Leia também:  Relator inicia leitura de parecer sobre denúncia contra Temer após confusão

Para ele, o benefício não se resume somente a comunicação, mas à democracia e ao fortalecimento da cidadania, haja vista, que há cobrança das pessoas pelos aplicativos e que podemos à distância assistir, por exemplo, a CPI da Petrobras ao vivo. A alusão é ao maior escândalo de corrupção do país, em que foi ouvido na tarde desta terça-feira no Congresso Nacional o diretor da estatal Paulo Roberto Costa. “Há alguns anos não poderíamos imaginar que isso seria possível, atualmente podemos assistir ao vivo fatos que interessam a todos”, lembrou destacado que a transmissão ao vivo requer alta tecnologia e não passa por filtros, como a edição.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.