Uma campanha iniciada na internet tenta pressionar a indústria da moda a abandonar o termo “plus size” –uma distinção que se aplica aos tamanhos maiores de roupa.

A iniciativa partiu da apresentadora de TV australiana Ajay Rochester, que lançou a hashtag #DropThePlus (algo como #AbandoneOPlus, em português) após ler uma reportagem com uma modelo plus size que vestia roupas de um tamanho considerado normal para mulheres comuns.

“Existe essa separação entre o que é uma modelo real e uma modelo plus size. E depois existe o resto do mundo!”, disse a apresentadora à BBC Trending, que acompanha as notícias que mais repercutem nas redes sociais.
“Eu olhava para a foto e não conseguia ver ninguém que eu consideraria plus size. Pensei: meu Deus, se essa mulher é plus size, o que são as outras?”

Leia também:  Confira modelos de faixas coloridas para bebês | Moda e Beleza

Apoio à ideia de Ajay
Quando a apresentadora sofreu abusos por parte de internautas, a campanha ganhou o apoio da modelo plus size Stefania Ferrario, que postou no Instagram uma imagem sua em roupas íntimas com os dizeres: “Sou modelo – PONTO”.

“Apenas três tamanhos da escala americana são considerados ‘normais’. As mulheres se sentem aprisionadas nessas categorias e a única forma de sair dessa armadilha é passando fome, porque o corpo delas nunca vai ser naturalmente desse tamanho”, disse Stefania.

Mas outras especialistas acreditam que o termo plus pode ser um símbolo de orgulho para mulheres de proporções mais generosas.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.