Mais
    Agora MT Destaques Médicos de Sorriso ameaçam abandonar Hospital Regional do município
    DESTAQUES

    Médicos de Sorriso ameaçam abandonar Hospital Regional do município

    FONTE
    VIA

    Os médicos do Hospital Regional de Sorriso elaboraram uma carta endereçada ao governador Pedro Taques (PDT) e ao secretário de Estado de Saúde, Marcos Bertúlio, reclamando da atual em que se encontram. Eles apontam que estão há pelo menos três meses sem receber os salários e só estão trabalhando em respeito à comunidade e à ética da profissão.

    No entanto, pediram que a situação seja regularizada. Caso contrário, eles ameaçam abandonar a unidade. Os profissionais afirmam que eram prestadores de serviços da empresa Proclin, que era contratada pelo Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano (INDSH), a OSS que administra o hospital. “Há mais de um ano, os repasses a todas as empresas médicas do hospital vêm com atrasos, com a OSS justificando antes que o governo do Estado atrasava os pagamentos. Nos últimos meses que vêm fazendo com descontos”.

    Em outro trecho da carta apontam que “temos tolerado estes atrasos durante todo esse tempo, acreditando na idoneidade da OSS e na regularização desta situação, principalmente com a mudança de governador. Porém, ao invés de resolver, o caso tem se agravado, com os pagamentos ficando cada vez mais atrasados, principalmente depois de março, quando nós, médicos das áreas clínicas do hospital, vinculados a Proclin, fomos preteridos, em detrimento dos médicos das demais especialidades, no recebimento dos proventos relacionados ao mês de fevereiro. Recebemos este pagamento apenas em 17 de abril”.

    Eles explicam ainda que a empresa contratada pela OSS redigiu uma carta, no qual eles foram solidários, solicitando a regularização dos pagamentos sob pena de reduzir os atendimentos. “Ao receber o documento, a direção do INDSH se valeu de determinadas cláusulas contratuais para romper o vínculo com a Proclin, destituindo-a de continuar gerindo nossos serviços. Esses diretores se reuniram conosco dias depois para anunciar esse rompimento e para nos propor um regime de contratação direta, sem intermediários. E até que criássemos uma empresa nossa, receberíamos o próximo pagamento com o intermédio de outra empresa, a ser indicada pelo INDSH”.

    De acordo com a carta, embora programado para cair em maio, deveria corresponder ao trabalho de março. “Ocorre que hoje já se passagem três dias que os demais médicos já receberam e que supostamente nosso pagamento foi depositado na empresa de terceiros e até agora nada nos foi repassado. Estamos trabalhando sem nenhum amparo legal, sem contrato, sem garantias e sem saber se de fato receberemos esse pagamento”. A carta aponta ainda que os profissionais estão com sérias dificuldades financeiras e recorrendo a empréstimos bancários. “Para que não cheguemos ao ponto de precisar abandonar o hospital e assim a população poder correr o risco de ficar sem atendimento médico, solicitamos a promotoria intervenção emergencial”.

    Relacionadas

    Briga entre irmãos termina com homem ferido na cabeça após ser atingido com paulada

    Uma briga entre irmãos terminou com um deles ferido na cabeça, após ser atingido com um pau de madeira. A vítima foi socorrida pelo...

    Operação mira organização criminosa que patrocinou campanha política em MT

    A Polícia Federal de Barra do Garças (MT) deflagrou nesta quinta-feira (23) a operação 'Segundo Caminho', com o intuito de apurar a participação de...

    Casal fica ferido após batida entre moto e carro em cruzamento

    Um casal ficou ferido após uma colisão envolvendo uma moto e um carro, na manhã desta sexta-feira (24), no Bairro Jardim Tropical, em Rondonópolis...

    PM prende suspeito de realizar tráfico de drogas e apreende entorpecentes e colete de órgão público

    Um homem foi preso e porções de maconha e um colete de propriedade do Ministério da Justiça foram apreendidos nesta segunda-feira (20) em uma...

    Após caso em hospital de Sorriso, deputada transforma rede social em canal de denúncia

    A deputada estadual Janaína Riva (MDB) abriu um canal online para colher relatos de mulheres que possam ter sido vítimas de violência obstétrica nas...

    Veículo capota e passageira fica ferida em acidente no Sagrada Família

    Uma pessoa ficou ferida em um acidente de trânsito registrado na tarde desta sexta-feira (24) no Parque Sagrada Família, em Rondonópolis - MT. No...

    Cestas básicas apreendidas com membro de facção criminosa são doadas para instituições

    Sessenta e seis cestas básicas e kits de produtos de limpeza e higiene foram entregues nesta quinta-feira (23) pela Polícia Civil, em Cáceres (MT)...

    Batalhão de Trânsito fiscaliza 760 veículos e prende seis pessoas no feriado prolongado

    O Batalhão de Trânsito Urbano e Rodoviário da Polícia Militar de Mato Grosso fiscalizou 760 veículos e prendeu seis pessoas em flagrante por embriaguez...

    Duas pessoas ficam feridas em acidente envolvendo carro e moto na MT-130

    Um acidente entre uma motocicleta Falcon e uma picape Montana deixou duas pessoas feridas na noite desta sexta-feira (24), na MT-130 em Rondonópolis-MT. Conforme informações...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas