Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014 podem acessar o espelho da correção da redação. Basta acessar a página do Enem e inserir a senha e o CPF. A correção, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), é apenas pedagógica, ou seja, os estudantes que não estiverem satisfeitos não podem entrar com recurso pedindo a revisão da nota.

No espelho, os estudantes têm acesso a nota geral na redação e em cada uma das cinco competências avaliadas. É possível também comparar o resultado individual com o dos demais estudantes que fizeram a prova. A nota em cada competência vai até 200. A nota máxima na redação é 1 mil.

O tema em 2014 foi Publicidade Infantil em Questão no Brasil. De acordo com o Inep, foram corrigidos 6.193.565 textos. Desses, 250 tiveram nota 1 mil e mais de 500 mil tiraram zero na prova.

Leia também:  Mãe coloca fogo na própria residência com os 3 filhos dentro da casa

As competências avaliadas foram: demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa; compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa; selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Além disso, os estudantes precisaram demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação e elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Ao todo participaram do Enem 2014 cerca de 6,2 milhões de estudantes. A prova é usada como critério para participar de programas de acesso ao ensino superior, como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas, o Programa Universidade para Todos (ProUni), que oferece bolsas em instituições privadas, e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), que financia até 100% da mensalidade em faculdades particulares.

Leia também:  Horário de verão pode ter seus dias contados para não mais existir no Brasil

Além disso, a nota é usada para certificação do ensino médio e como critério para obter bolsas de estudo no exterior pelo Ciência sem Fronteira. O estudante pode ainda concorrer a vagas no ensino técnico pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional (Sisutec).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.