O prefeito municipal de Primavera do Leste, Érico Piana (Dem), se reuniu na última semana com os vereadores da cidade para discutir a nova realidade do município, ou seja, corte de gastos e exoneração de servidores.

De acordo com o gestor, a cidade está com uma grande queda no número de arrecadação, que em janeiro chegou a uma redução de R$3,6 milhões e por isso algumas mudanças devem ser feitas. “Tivemos que adotar algumas medidas de contenção, como o corte de 100% das horas extras, para manter a saúde financeira e continuar com as contas municipais em dias” afirmou Piana.

Ainda segundo informações, existem hoje no município, 140 cargos comissionados, o que gera uma despesa em torno de R$500 mil ao mês e por isso as exonerações vão começar a acontecer.

Leia também:  Primavera do Leste | Polícia apreende cerca de 500KG de drogas escondida em caminhão

De acordo com o presidente da Câmara, Josafá Barbosa (PP), todos os vereadores estão preocupados com essa crise na arrecadação, mas que a reunião é a melhor forma de tomar conhecimento do que deve acontecer no município nos próximos meses.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.