Foi praticamente de ponta a ponta. Perdendo a vantagem no placar apenas em duas oportunidades, ainda no início do jogo, o Houston Rockets bateu o Los Angeles Clippers por 124 x 103 e diminui a vantagem dos rivais na série semifinal da Conferência Oeste da NBA. Com a força dos pivôs, principalmente de Dwight Howard, o time dos Texas chegou ao triunfo com uma certa tranquilidade, se aproveitando também dos inúmeros erros de ataque dos Clippers. Ainda assim, o time da Califórnia lidera a série por 3 a 2 e pode liquidar a fatura na quinta-feira.

O Houston conseguiu dominar a partida desde o início por conta da força de seus pivôs. Dwight Howard deu um show, e o time da casa conseguiu a maior parte dos rebotes. Ao todo, o Houston apanhou 66 rebotes, contra 52 dos rivais. Enquanto isso, os Clippers exageravam nos arremessos de média e longa distância, terminando o jogo com um aproveitamento pífio (41%).

Leia também:  Luve vence em casa e fica fora do Z-4

James Harden manteve sua regularidade nos playoffs, terminou o jogo com 26 pontos e fechou a partida com um triplo duplo, com 10 assistências e 11 rebotes. Blake Griffin, dos Clippers, conseguiu mais um duplo duplo, o 12º em 12 partidas dos playoffs, mostrando a regularidade e a força de um dos melhores jogadores da temporada. Ele terminou com 30 pontos e 16 rebotes.

Na história da NBA, o Houston venceu apenas uma série após estar perdendo por 3 a 1, em 1995, contra o Phoenix Suns, quando se tornou campeão. Nas outras sete vezes que se encontrou nesta situação, o time do Texas não conseguiu virar o confronto. Já os Clippers seguem a apenas uma vitória de sua primeira final de Conferência da história.

O JOGO

O primeiro quarto até que foi equilibrado, mas o time da casa conseguiu sempre comandar o placar. Os Clippers erravam muitos arremessos, terminaram o primeiro período com apenas 9 arremessos de quadra convertidos em 30 tentados. Blake Griffin era o mais lúcido do time, com oito pontos. O Houston dominava o garrafão e Howard já se aproximava de um duplo-duplo, fechando o quarto com nove pontos e oito rebotes. No fim, 27 a 22.

Leia também:  1º Campeonato de Futebol Amador está com inscrições abertas até segunda

No segundo período, o Houston se manteve na frente. Pelos Clippers, Chris Paul começou a aparecer mais, mas não o suficiente para conseguir colocar os visitantes na frente do placar. O garrafão dos Rockets ainda mostrava muita força, enquanto alguns dos principais marcadores dos Clippers já ficavam pendurados nas faltas. Deandre Jordan já tinha três infrações no início do quarto. O jogo foi para o intervalo com 63 a 48.

Com dois minutos de jogo no terceiro período, um contra ataque mortal dos Rockets, que culminou com uma enterrada de Ariza colocou 20 pontos de vantagem para os anfitriões. No fim do período, os Clippers tentaram voltar ao jogo, reduziram para 13 pontos após uma série de erros dos donos da casa, mas nada que assustasse o público. O jogo foi para os últimos dez minutos com o placar de 90 a 76.

Leia também:  Colorado vence fora de casa e ganha moral na Copinha

O quarto período seguiu no mesmo ritmo dos períodos anteriores. Se os Clippers diminuíssem um pouco a diferença, logo os Rockets conseguiam dois ou três ataques seguidos, impedindo qualquer reação. No fim, 124 x 103.

A SÉRIE

04/05 – Rockets 101 x 117Clippers
06/05 -Rockets115 x 109 Clippers
08/05 -Clippers 124 x 99<Rockets
10/05 – Clippers 128 x 95 Rockets
12/05 – 22h30 – Rockets 124 x 103 Clippers
*14/05 – a definir – Clippers x Rockets
*17/05 – Rockets x Clippers

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.