Os manifestantes querem a abertura de uma comissão para investigar decisões uma juíza - Foto: Varlei Cordova / AGORA MT
Os manifestantes querem a abertura de uma comissão para investigar decisões uma juíza – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

O tráfego na BR-364 entre Pedra Preta e Rondonópolis acaba de ser liberado e os sentidos devem continuar ‘livres’ até amanhã pela manhã. Segundo uma representante do grupo Movimento dos Trabalhadores Acampados e Assentados de MT (MTA), Rosália de Jesus Lima, as lideranças devem se reunir logo mais à noite, para discutir se haverá novo bloqueio amanhã (23), já que até o momento o pedido de reunião entre os movimentos com o Governador do Estado, não foi atendido. Em contra ponto, a BR-070 em Campo Verde, segue bloqueada até às 17h.

Rosália de Jesus Lima, uma das representantes dos movimentos - Foto: ARQUIVO / AGORA MT
Rosália de Jesus Lima, uma das representantes dos movimentos – Foto: ARQUIVO / AGORA MT

“Ainda não fomos atendidos, por isso vamos nos reunir e decidir se amanhã iremos trancar a rodovia de novo”, comentou Rosália.

Leia também:  Cursinho Força e Honra oferece aos alunos palestra com Paulino Yoshida

Os trabalhadores sem-terra pedem a abertura de uma investigação contra a juíza Dra. Adriana Sant’anna Coninghan, para que sejam revistas todas as liminares de despejos emitidas pela magistrada, uma vez que ainda de acordo com os manifestantes, apenas latifundiários ganham as causas apreciadas pela magistrada, uma espécie de ‘favorecimento’.

Juntos no bloqueio estão os grupos ‘sem-terra’, Comissão Pastoral da Terra (CPT-MT), Movimento dos Trabalhadores Acampados e Assentados de MT (MTA),13 de outubro, e Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MTS-MT).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.