O secretário Municipal de Infraestrutura, Melquíades Netto, acompanhou, na tarde desta quinta-feira (25), uma comitiva formada pelo adjunto da Pasta Estadual de Cidades – Secid, Sebastião Mariano, o fiscal de obras Wilmar Rodrigues e o gerente de controle Jair Capistrano, que vieram fazer um levantamento fotográfico e um relatório técnico sobre o estágio em que foram deixadas as obras de canalização do córrego Canivete. A medida servirá para embasar o retorno da execução da obra.

Melquíades explicou que apesar de a prefeitura não ter relação direta com as obras do Canivete, o prefeito Percival Muniz acordou com o governador Pedro Taques ações cooperativas em infraestrutura. “Somos apenas anfitriões à equipe da Secid em relação ao Canivete. Como muitos da equipe são profissionais novos recém-chegados no posto de trabalho, o prefeito solicitou para acompanhá-los a fim de contribuirmos para a celeridade do processo, já que a intenção clara do governador é finalizar a obra”, pontuou Netto.

Leia também:  Dia das Crianças: Comércio estima aumento de 100% nas vendas em Rondonópolis | TV Agora

Recentemente, de acordo com o secretário Municipal, membros da Secid se reuniram com representantes da Caixa Econômica Federal – CEF e do Ministério das Cidades, que juntos celebram o contrato da canalização, desde a antiga gestão estadual. Atualizado em 2012, para construir galerias pluviais nas ruas adjacentes dos Jardins Riviera e Ipê, além da canalização em alvenaria do canal que compreende o trecho entre a rua Campo Grande até a foz do córrego, às margens do córrego Arareau, numa extensão de 2.750 metros, o projeto está paralisado paralisada.

“O governador quer saber tecnicamente em que pé pararam as obras. Posteriormente o Estado deve definir como irá proceder para a retomada da ordem de serviço, atualizações necessárias e todos os trâmites que não nos compete”, frisou o chefe da Infraestrutura Municipal.

Leia também:  CASF realiza bazar beneficente neste sábado (07)
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.