O mês de maio não foi bom para quem estava procurando emprego em Rondonópolis, já que houve bem mais demissões do que contratações. Os dados divulgados ontem (19) pelo Cadastro Geral de Empregado e Desempregados (Caged) mostram que no mês passado foram criados 2.632 empregos com carteira assinada, mas de contra partida foram demitidos 3.207 pessoas, chegando a um resultado negativo de 575.

Neste ano, apenas o mês de janeiro teve um resultado positivo no saldo de empregos, mas não foi suficiente para tirar a cidade do vermelho que nos últimos meses juntos já somam (-739). A situação fica ainda mais preocupante quando o comparativo é com o mesmo período do ano passado, já que nos cinco primeiros meses de 2014 Rondonópolis empregou mais de 1.141 pessoas.

Leia também:  Projeto Mais Esporte, Mais Cidadania é lançado oficialmente em Rondonópolis

Como já era previsto devido ao fechamento de uma grande empresa na cidade, o setor com maior índice de demissões foi a de Indústria de Transformação com o saldo negativo de 441 baixas na carteira. Dos oitos ramos analisados pelo Caged o de Extrativa de Minerais foi o único que terminou com o resultado positivo de 7 novas vagas.

Caged Maio

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.