Foto: assessoria
Foto: assessoria

A Diretoria da Polícia Judiciária Civil recebeu, na manhã de sexta-feira (26.06), a visita do deputado federal, Adilton Sachetti, para apresentar propostas de fortalecendo da segurança pública, principalmente para o Interior do Estado de Mato Grosso.

Durante o encontro, foram tratados assuntos como a carreira policial, necessidade de valorização de bons servidores, serviço da Polícia Civil prestado ao cidadão, investimentos e recursos, além do trabalho realizado pelo político em prol da sociedade.

O delegado geral, Adriano Peralta de Moraes, ressaltou que a Polícia Civil está buscando apoio para melhorar as unidades policiais no interior do Estado, que precisam de reformas e investimentos, visando reestruturar e oferecer ao servidor boas condições de trabalho, o que irá refletir no atendimento de qualidade a sociedade.

Leia também:  Comissão da Câmara aprova o "distritão" para as eleições do ano que vem

“Alguns prédios em que funcionam as Delegacias da Polícia Civil no interior do Estado, não acompanharam a evolução do município e não condizem com a beleza e estrutura da cidade”, disse Adriano Peralta.

Na reunião, também foi apresentada ao deputado federal uma proposta de se criar um projeto para a construção de um complexo de segurança pública, em municípios do interior. O complexo seria instalado inicialmente na cidade de Rondonópolis, com objetivo de criar uma referência firme e consistente de segurança ao cidadão.

O deputado destacou que esse é um grande momento para a Segurança Pública em todo o país, tendo em vista a bancada de policiais dentro da Câmara dos Deputados, com grande representatividade no Congresso Nacional.

Leia também:  Projeto de Lei do vereador Orestes restabelece o nome da “Travessa do Belinho”

“Vamos desenvolver o projeto, quantificar valores e pleitear emendas para reestruturar a Polícia em Rondonópolis”, concluiu Adilton Sachetti.

Participaram da reunião, além do delegado geral e do deputado federal, o diretor deral adjunto, Rogério Atílio Modelli, o diretor do interior, Wilson Leite, a diretoria de execução estratégica, Maria Alice de Barros Amorim, o diretor da Acadepol, Clocy Hugueney Lopes, e a assessora técnica Marlise Matos.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.