Os servidores da Justiça do Trabalho vão cruzar os braços nesta segunda-feira (22) por tempo indeterminado. Eles buscam a aprovação da recomposição salarial.

De acordo com um dos representantes da categoria, Alex, os servidores buscam a recomposição das perdas salariais durante nove anos sem reajuste real. Ainda conforme o representante, 70% dos servidores vão paralisar os serviços e 30% dos serviços essenciais vão permanecer.

“A plc 28/2015 está no senado para ser votado no dia 30 de junho. A maioria dos senadores estão a favor. O governo Dilma ainda não se posicionou a respeito. A greve é no Brasil todo” pontua Alex.

 

Advertisements
Leia também:  União volta a jogar sábado pelo Sub-19

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.