O alemão Sebastian Vettel ficou de fora do pódio no GP da Áustria, mas isso não o impediu de ver evolução no carro da Ferrari. Para ele, o time de Maranello está se aproximando aos poucos da líder Mercedes, contudo o tetracampeão ainda vê que os italianos não estão perto o suficiente dos rivais alemães.

“Acredito que estamos mais próximos do que antes, mas gostaria de estar mais perto para colocar um pouco mais de pressão neles”, declarou Vettel após a última corrida. “Principalmente nas primeiras voltas eles foram impressionantes”, acrescentou o alemão da Ferrari.

“No geral, vejo que nos aproximamos (das Mercedes) durante e último fim de semana. Infelizmente ainda não estamos perto o suficiente para começar a pressioná-los”, afirmou o tetracampeão da F1.

Leia também:  Corinthians vence o Fluminense de virada e se torna campeão brasileiro pela sétima vez

Em entrevista ao Sky Sports F1, Vettel disse que as mudanças feitas pela Mercedes no GP do Canadá foram melhores do que as da Ferrari. “Eles conseguem ter mais potência durante mais voltas nas corridas. E a Williams também, já que tem o mesmo motor”.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.