A 2ª etapa da obra de duplicação da rodovia BR-163 foi concluída e 55 km da rodovia foi completada de novas pistas no sul do estado de Mato Grosso – MT. O trabalho foi realizado pela Concessionária Rota do Oeste.

As obras de duplicação referentes a 32,4 quilômetros de rodovia executada entre Rondonópolis e a divisa com Mato Grosso do Sul foi aprovada pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Durante a visita foram avaliados itens como qualidade do pavimento e condições de trafegabilidade.

Na última semana já haviam sido liberados para o tráfego dois dispositivos de acesso, um ao aeroporto de Rondonópolis e outro à MT-471.

Com a finalização da nova pista, a empresa dá início ao processo de recuperação e adequação da pista antiga para que as duas tenham a mesma qualidade. A assessoria da empresa afirma que este trabalho poderia ser feito após a conclusão de toda a duplicação, e o tráfego seria liberado mais rápido nas duas vias, mas não estaria de acordo com o padrão de qualidade da Rota do Oeste.

Leia também:  Governo lança licitação para pavimentação da MT-130 em Paranatinga

Somado aos 22,5 quilômetros, entre Rondonópolis e o terminal de Cargas da ALL, entregues ainda em abril deste ano, já são 54,9 km de obras executadas. O total supera o mínimo de 10% exigido pela Agência para que se inicie a arrecadação de pedágio. A Concessionária aguarda a determinação da ANTT autorizando oficialmente a cobrança, o que deve acontecer em breve.

Até 2019, a Rota do Oeste irá duplicar cerca de 450 km de rodovia sob sua responsabilidade, entre a divisa com o Mato Grosso do Sul e Rondonópolis; a Rodovia dos Imigrantes (BR-070) e do trevo do Posto Gil, em Diamantino, até Sinop, onde termina a concessão.

A conclusão da duplicação de 10% do trecho é a 3° e última obrigação contratual cumprida pela Concessionária para iniciar a cobrança de pedágio na BR-163. Antes disso, a Rota do Oeste já havia concluído duas outras metas contratuais: a recuperação emergencial de todo o pavimento existente na rodovia e a implantação do Sistema de Atendimento ao Usuário (SAU).

Leia também:  Governo dá primeiro passo para concessão do Marechal Rondon e mais 4 aeroportos de MT

O próximo passo, de acordo com o diretor geral da Concessionária, Paulo Meira Lins, é aguardar a autorização da ANTT para a abertura das praças. “A previsão é que isso aconteça em agosto. Temos seguido à risca todas as nossas obrigações para entregar um serviço de qualidade aos usuários da BR-163”.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.