Alexandre Alves Batista Silva, 32 anos, vulgo “Xande”, foi condenado a 18 anos de prisão em regime fechado por ter matado a golpe de facadas o caminhoneiro Fábio Tolentino Costalongo. O crime ocorreu em março de 2013 e o julgamento foi realizado pelo Tribunal do Júri de Rondonópolis.

O caminhoneiro foi encontrado morto às margens da BR-364, próximo ao túnel de acesso a Vila Mamed. O corpo apresentava várias perfurações de faca, que estava quebrada ao lado da vítima.

No relatório de julgamento consta que Alexandre possui inúmeros registros de ocorrências em seu desfavor, sendo que vem praticando atos criminosos desde o ano de 2004, portanto, a mais de 11 anos, no mundo da criminalidade, de modo que deve ser sopesada também essa circunstância judicial desfavorável ao réu.

Leia também:  Na reta final de campanhas eleitorais, dois homens são presos por tráfico de drogas em Alto Taquari

LEIA 

Homem é assassinado com 8 facadas e corpo é jogado debaixo da ponte

Homicida é preso pela PM, a última vítima foi neste domingo

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.