Há quem diga que ao entrar oficialmente no Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) o senador Blairo Maggi (PR) estará decretando a aposentadoria do deputado federal Carlos Bezerra (PMDB). Maggi está entrado no PMDB pela porta de frente e com tapete vermelho estendido pelo presidente nacional da sigla e vice-presidente da republica, Michel Temer, além do apoio incondicional do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha.

Com tamanho QI (Quem Indicou) político, Blairo deve se tornar o nome mais forte da legenda em Mato Grosso e apesar de lutar com todas as forças e do vasto conhecimento político quem tem em Brasília, Bezerra deve virar a “Rainha da Inglaterra” para a executiva nacional do partido.

Leia também:  A profecia de Jayme

É evidente também que a ida de Blairo passou pelo crivo de muita gente grande do PMDB, e ele teria como uma das suas exigências para migrar a sua candidatura à presidência do Senado, com total apoio da cúpula peemedebista, e assim, se tornaria o nome mais forte do PMDB em Mato Grosso e no agronegócio brasileiro, decretando mesmo que sem querer a aposentadoria de Bezerra.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.