Vôlei de Mato Grosso - Foto: assessoria
Vôlei de Mato Grosso – Foto: assessoria

As duas equipes campeãs mato-grossenses de voleibol, nas categorias adulto e escolar, fizeram, nessa quarta-feira (01), no Ginásio Poliesportivo Professor Aecim Tocantins, a partida que serve para testar o sistema de informação da Federação Internacional de Voleibol (FIVB). O procedimento vale para verificar se toda a organização e tecnologias envolvidas estão prontas para a realização dos dois jogos de Brasil versus Itália pela Liga Mundial de Vôlei.

De acordo com a supervisora do Volleyball Information System (VIS), Sandra Caldeira, esse sistema é utilizado no mundo todo para avaliar os atletas e equipes participantes dos eventos da FIVB. A avaliação consiste em criar estatísticas sobre cada jogador em quadra, contabiliza todos os movimentos, como saques, bloqueios e passes. Os dados formam um ranking geral e também específico por fundamento do vôlei. Exemplo: o ponta Ricardo Lucarelli está na 39 posição geral. Mas é o sexto melhor da Liga Mundial em “Best Spikers”, ataque.

Leia também:  1ª Paraolimpíada deve contar com 139 alunos em Rondonópolis

“Os dados coletados são transmitidos em tempo real para a imprensa. Utilizados pelos comentaristas nas transmissões ao vivo. E servem para que os técnicos possam avaliar o desempenho dos atletas e equipes na disputa. Além disso, o jogo teste, que é realizado sempre no dia anterior das partidas, e que simula todos os protocolos de um jogo real, desde hino nacional, placar eletrônico até o trabalho dos boleiros e enxugadores, também serve para verificar a tecnologia envolvida na transmissão da televisão”, explica a Sandra Caldeira.

Os dois times mato-grossenses que simularam o jogo teste são do Colégio Isaac Newton (Cin), um deles é o atual campeão estadual adulto e o outro é o campeão dos Jogos Escolares Cuiabanos (JECs). Segundo o técnico de ambos, Márcio Sobhie, que também foi quem transmitiu aos jogadores o convite da Federação Mato-grossense de Voleibol (FMTV), os desportistas ficaram motivados por poder participar de um evento internacional e pisar no mesmo piso dos próprios ídolos da modalidade esportiva.

Leia também:  Derrota diante do Dom Bosco gerou prejuízo financeiro ao União

Segundo o capitão da equipe adulta, Fábio Leite, desde 2003 competindo pelo Cin, o convite da federação, de realizar o jogo teste de Brasil x Itália pela Liga Mundial, chegou para coroar todo o trabalho desenvolvido por eles em prol do voleibol. “O vôlei do Cin está numa fase histórica. Todos ficamos empolgados por vivenciar, pela primeira vez dentro de quadra, esse mundo internacional”. As equipes campeã jogaram um set inteiro simulando as duas seleções.

Serviço

A Seleção Brasileira masculina de Voleibol vai enfrentar a Itália em rodada dupla pela última etapa da fase classificatória da Liga Mundial de Vôlei, nos dias 2 e 3 de julho, ambas às 13h (horário local), no Ginásio Aecim Tocantins, no Complexo do Verdão, em Cuiabá. O duelo em terras cuiabanas é resultado das parcerias entre Federação Mato-grossense de Voleibol (FMTV), Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e Federação Internacional de Voleibol (FIVB).

Leia também:  Dourado sobe duas posições e chega ao 50º lugar no ranking Nacional
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.