Rafael Jean Sedroski. Foto: Varlei Cordova/AGORAMT
Rafael Jean Sedroski. Foto: Varlei Cordova/AGORAMT

Investigadores e escrivães da 2ª Delegacia de Polícia (Delegacia de Vila Operária), sob o comando da delegada Ludimila Zorzetti Vendramel, elucidaram hoje (07), mais um caso de homicídio. Desta vez, o crime que resultou na morte do menor Eduardo Alves de Oliveira Godeny, 16 anos, tinha três linhas de investigação, mas todas levaram a um único suspeito, o jovem Rafael Jean Salvador Sidrosc, que nega participação no assassinato.

De acordo com os investigadores, a convite de uma mulher, Eduardo que estava em companhia do vulgo ‘Manivela’, saíram de uma casa de shows no centro, para ir a até o local combinado. Uma residência localizada no Jardim das Flores.

Leia também:  Quadrilha rende frentista de posto de gasolina e arromba caixas eletrônicos

Uma das linhas de investigação, é que o alvo poderia ser Manivela e não Eduardo. Outro ponto da averiguação, pode ser devido ao fato que Eduardo, por ser um dos investigados no homicídio do menor João Vitor (morto a caminho da escola), daria depoimento no dia posterior e por último, é que Eduardo tenha se desentendido com Rafael.

Rafael Sidrosc nega ser autor, mas segundo o inquérito policial, as testemunhas presentes apontam a autoria do crime para ele.

PROVAS TÉCNICAS
Apesar dos indícios e dos depoimentos das testemunhas, o principal fato que aponta o envolvimento de Rafael Sidrosc, é devido a prova técnica.

Rafael foi preso no dia 23 de maio (Conforme matéria divulgada na época, clique aqui e veja), suspeito de porte ilegal de arma.

Leia também:  Dupla é presa por tráfico em Rondonópolis

A munição utilizada retirada do cadáver de Eduardo na época, era de modelo raro, conforme apontou o laudo pericial. E a arma que foi apreendida com Rafael posteriormente, tinha a mesma bala.

Com esses fatos, foi feito teste de balística que confirmou que a arma apreendida com Rafael, foi a mesma utilizada no homicídio

ENTENDA
O menor Eduardo Alves de Oliveira Godeny, 16 anos, foi assassinato na madrugada do dia 18 de abril, com aproximadamente cinco disparos de arma de fogo.

LEIA MAIS E VEJA FOTOS E VÍDEOS – Adolescente morre após ser baleado com pelo menos 5 tiros

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.