Um documentário sobre a cantora britânica Amy Winehouse, com imagens inéditas e declarações de seus familiares e amigos, estreia nesta sexta-feira (3) no Reino Unido.

O filme, intitulado “Amy” e que relata a ascensão e queda da cantora morta em 2011, chega na noite desta sexta-feira aos cinemas britânicos sob a direção de Asif Kapadia.

A gravação conta com imagens de arquivo inéditas e entrevistas com mais de 100 pessoas relacionadas com a artista.

No trailer do documentário é possível ver, pela primeira vez, a Amy com 14 anos cantando “Happy Birthday” a uma amiga.

No filme participaram artistas próximos a Winehouse, entre eles os músicos britânicos Mark Ronson e Tayler James e o rapper americano Mos Def, enquanto contou com a colaboração de seu ex-marido Blake Fielder-Civil e seus pais Mitch e Janis Winehouse.

Leia também:  Rayssa de Oliveira | "Eu aprendi a cantar para Deus e nunca mais quero sair disso"

O representante da cantora, Nick Shymansky, foi entrevistado no documentário, no qual destaca o quão brilhante era Winehouse, que faleceu em 2011 aos 27 anos.

Shymansky opinou que o “lado obscuro” de Amy foi “muito divulgado” e com este documentário viu a oportunidade de mostrar uma outra face da estrela.

Winehouse, conhecida por sua peculiar voz e estilo, sofreu transtornos alimentícios e teve problemas com as drogas e o álcool.

A cantora de “Rehab” foi encontrada morta em 23 de julho de 2011, após sofrer uma intoxicação etílica em sua casa do bairro de Camden, no norte de Londres.

A britânica lançou “Frank”, seu primeiro álbum, em 2003 e anos depois “Back to black”, seu segundo disco, que a consagrou como artista internacional.

Leia também:  Eduardo Costa faz post polêmico contra Ideologia de Gênero
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.