Bicampeão da F1 e atual líder do campeonato, o britânico Lewis Hamilton deu um puxão de orelhas aos designers de troféus da categoria, em especial ao do GP da Grã-Bretanha, que será disputado neste fim de semana. Para o piloto da Mercedes as taças estão muito feias e parecem brinquedo de criança.

“Cadê o troféu de ouro?”, indagou Hamilton no ano passado, reclamando da taça que recebeu, inspirada no logotipo do patrocinador da corrida e não aquela tradicional que o piloto leva ao vencer a corrida em Silverstone. “Isso deve ter custado umas 10 libras”, brincou.

De volta a casa para mais um GP da Grã-Bretanha, o bicampeão mundial voltou a reclamar das taças. “Temos que fazer troféus melhores, é chocante como os atuais estão ruins”, afirmou Hamilton em entrevista para o The Daily Telegraph.

Leia também:  Dom Bosco marca jogo para às 9h no domingo pela Copa FMF

“Os troféus de hoje em dia são tão bons quanto aqueles que eu ganhava na época do kart”, ironizou o britânico. Os que ganhei na Fórmula Renault eram pequenas caixas com um carro no meio. Os da F3 eram bons e os do meu começo na F1 também eram legais”, acrescentou Hamilton.

Ele inclusive disse ter falado pessoalmente com Bernie Ecclestone para reclamar dos troféus. “Ele trouxe o cara responsável pelas taças e falei apenas ‘você sabe'”, comentou o líder do campeonato.

“No ano passado eu ganhei um troféu de plástico (em Silverstone) e senti como se não tivesse ganhando um troféu de verdade. Podia ser para a GP2, mas não para a F1. O dourado era realmente especial, pertencia à história e não sei por que não o mantiveram”, finalizou o britânico.

Leia também:  Antigo Luthero vira cult e ganha lembrança especial do torcedor
Advertisements
COMPARTILHAR
Artigo anteriorGiro na noite
Próximo artigoReceita de berinjela à italiana

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.