Quem acompanha a Fórmula 1 desde o ano passado sabe que a principal categoria do automobilismo internacional está subdividida entre a “Fórmula Mercedes” e uma outra categoria que engloba as demais escuderias do grid. Nesta competição à parte, Ferrari e Williams medem forças nos circuitos para ver quem é a melhor equipe do “mundo real”.

E no último fim de semana, em Silverstone, na Inglaterra, os carros do time inglês se saíram melhor, ainda que Sebastian Vettel, piloto da equipe italiana, tenha terminado a corrida em 3º, logo atrás de Lewis Hamilton e Nico Rosberg. Felipe Massa, que liderou o início da prova, e seu parceiro de equipe, Valtteri Bottas, cruzaram a linha de chegada na 4ª e 5ª colocações, respectivamente.

Leia também:  Filho de Romário é contratado para reforço em 2018 no Figueirense

O finlandês Kimi Raikkonen, que concluiu a prova inglesa na 8ª posição, após ter largado em 5º, não acredita que a Williams terá um ritmo superior ao da Ferrari nas próximas etapas. Para o “Homem de Gelo”, as condições do traçado de Silverstone possibilitaram um melhor rendimento na corrida aos carros do time de Sir Frank Williams.

– Isso depende muito do circuito e das condições no fim de semana, mas espero que a história seja diferente na próxima corrida, na Hungria. Em Silverstone, as condições da pista e os pneus não foram ideais para nós, msa temos que melhorar. Devemos ser melhores em qualquer circuito, com qualquer tipo de pneu – analisou o finlandês, campeão mundial de 2007.

Leia também:  Tangará da Serra sediará estadual de Xadrez em dezembro

Muito contestado sobre seu atual desempenho na escuderia italiana, Raikkonen ainda não renovou seu contrato para a próxima temporada, o que alimenta os rumores de que seu compatriota Valtteri Bottas poderá substitui-lo em 2016. O companheiro de Felipe Massa na Williams está à frente do “Homem de Gelo” na classificação, embora o competidor do time inglês tenha disputado um GP a menos que o campeão mundial.

Para Kimi, no entanto, a Ferrari tem tudo para melhorar seu ritmo e impedir que o experiente brsaileiro e Bottas subam ao pódio pela terceira vez no ano – Massa foi o 3º colocado na Áustria e Bottas o 3º no Canadá.

– Tenho certeza de que seremos melhores e teremos melhores chances. O motor Mercedes (também utilizado pela Williams) estava um pouco mais rápido que o nosso, mas estou certo de que daqui pra frente será mais fácil para nós. Vamos ver, mas certamente estamos esperando que a próxima corrida traga um fim de semana mais fácil – comentou.

Leia também:  Flamenguistas são detidos por jogarem bombas em porta de hotel de time adversário

Até agora, a Ferrari leva a melhor no Mundial de Construtores, somando 211 pontos, na vice-liderança enquanto a Williams vem logo atrás, na 3ª posição, com 151 pontos ganhos. A próxima corrida da Fórmula 1 será no circuito de Hungaroring, na Hungria, daqui a três semanas. Válida pela décima etapa do calendário da categoria, a prova encerra a primeira metade do campeonato, que tem a liderança de Lewis Hamilton.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.