Foto: Lenine Martins/GCOM MT
Foto: Lenine Martins/GCOM MT

Unidades da Polícia Militar de Mato Grosso receberam, nesta segunda-feira (06.07), 50 novas caminhonetes modelo L200 Triton com padrão internacional de identidade visual. A entrega das novas viaturas faz parte do programa de incremento da frota da Segurança Pública que também prevê a locação de novas motos, para deslocamento rápido no atendimento das ocorrências, e 200 novas viaturas modelo SWV, que são veículos mais potentes para atender ocorrências de maior complexidade, como roubos, sequestros, perseguições, entre outras.

A entrega oficial das 50 caminhonetes aconteceu no Palácio Paiaguás, em Cuiabá, durante o lançamento do programa do Governo do Estado “Transforma Mato Grosso”.

Serão contempladas as unidades da Polícia Militar dos seguintes municípios: Alto Garças, Araguainha, Campinápolis, Carlinda, Denise, Figueirópolis D’Oeste, Glória D’Oeste, Ipiranga do Norte, Itanhangá, Itiquira, Itaúba, Luciara, Nobres, Nova Brasilândia, Nova Cannã do Norte, Nova Guarita, Nova Nazaré, Novo São Joaquim, Ponte Branca, Querência, Ribeirãozinho, Santo Antônio do Leste, Sapezal, Alto Paraguai, Araputanga, Araguaiana, Campo Verde, Dom Aquino, Gaúcha do Norte, General Carneiro, Indiavaí, Castanheira, Nortelândia, Nova Marilândia, Nova Santa Helena, Pedra Preta, Poxoréu, Santo do Céu, Santo Afonso, São José do Povo, Torixoréu e União do Sul.

Leia também:  Faixas de pedestres em 3D são criadas para 'forçar' parada de motoristas em Primavera

Desse total de 50 caminhonetes, oito são destinadas às forças especializadas da Polícia Militar, sendo quatro para o Batalhão de Operações Especiais (Bope) e quatro para a Ronda Ostensiva Tático Móvel (Rotam).

A comandante regional da Polícia Militar de Peixoto de Azevedo, no qual fazem parte três municípios contemplados com as novas caminhonetes, coronel PM Ridalva Reis de Souza, destacou a importância dos veículos para o atendimento de ocorrências na região. “As novas viaturas vão contribuir com as metas de redução da criminalidade. Quando se dá um melhor aparelhamento para o policial desenvolver seu serviço, quem ganha é a sociedade, que recebe um serviço mais eficaz”, disse a coronel.

Leia também:  Oportunidade | Mais de 60 vagas de estágio abre em Sapezal

Ainda dentro do programa de incremento da frota, a Secretaria de Segurança Pública receberá, nos próximos dias, 36 caminhonetes que serão destinadas às unidades da Polícia Judiciária Civil, além de duas para o Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron), duas para a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e uma para o Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

No mesmo programa da Sesp, as unidades das polícias Civil e Militar também serão contempladas com 17 veículos modelo Pálio Adventure motor 1.8.

A recomposição do efetivo e a mobilidade adequada da tropa com veículos mais robustos são dois pilares fundamentais da Segurança Pública de Mato Grosso. “Por muito tempo os municípios do interior ficaram esquecidos na política de Segurança Pública, e temos o compromisso de reverter esse quadro. Por essa razão, a maior parte das viaturas desse primeiro lote será destinada às unidades da Polícia Militar do interior do Estado, com foco exclusivamente operacional, de combate ao crime”, enfatizou o secretário Executivo de Segurança Pública, Fábio Galindo Silvestre.

Leia também:  Captação de leite registra queda de 10,3% em MT

O secretário destacou ainda que nenhuma dessas novas viaturas será utilizada em trabalhos administrativos. “Essa é uma forma de propiciar condições de trabalho ao policial que atua em regiões distantes da capital e ao mesmo tempo conferir maior proteção à população até então desamparada. Com essa política, chegaremos em um momento em que todos os municípios de Mato Grosso estarão cobertos com pelo menos uma viatura e cinco policiais”, completou Fábio Galindo, se referindo também à recente inclusão de mais de 1.300 profissionais nos quadros funcionais da Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil e Corpo de Bombeiros.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.