Um total de doze servidores da Polícia Judiciária Civil (PJC) que completaram o tempo de contribuição exigido para a aposentadoria, deixaram as funções nos últimos trinta dias. As aposentadorias foram publicadas no Diário da Imprensa Oficial do Estado entre o dia 07 de junho a 10 de julho de 2015.

Foram 10 investigadores, 1 escrivão e 1 delegado de polícia, que tiveram os pedidos de aposentadoria deferidos pelo Governo de Mato Grosso e os passaram a inativos no serviço público. Todos completaram 30 anos de contribuição previdenciária.

É com gratidão que a Polícia Judiciária Civil enaltece a dedicação dos policiais civis que deixaram a instituição, depois de anos na atividade policial, e reconhece o esforço e comprometimento com o trabalho de enfrentando diário da criminalidade.

Leia também:  Dupla é presa em flagrante tentando arremessar drogas e celulares pelo muro de cadeia

Foram aposentados: o delegado de polícia Vitor Sebastião Gonçalves; o escrivão Carlos Eduardo Ribeiro de Figueiredo; e os investigadores Ana Maria Lira Pereira, Bonifácio Pedroso da Silva, Ida Ferreira Barrozo, Neuri Alves da Silva, Gervasio Oliveira Gama, Vanda Maria Moraes Moreira, Sebastião Claudiney Sonaque, Clarice da Rosa, Aparecida Nunes de Freitas, e Mirian Soares Campos.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.