Parece que a doença que atingiu o atual governador Pedro Taques (PDT) enquanto esteve no Senado da República, pegou de vez no seu suplente, José Medeiros (PPS), e tal qual um Dom Quixote pantaneiro resolveu atacar moinhos de ventos e se esqueceu das necessidades mais urgentes da população mato-grossense.

Sua assessoria trabalha de forma febril para dar brilho e destaque ao mandato de Medeiros, já que a oportunidade de herdar uma vaga no Senado não deve cair novamente no seu colo, por isso a necessidade transloucada de se fazer “aparecer” na mídia nacional.

A tara de sua assessoria por minutos de fama de Medeiros é tão grande, que o “cavalo de batalha” chamado Venezuela, parece ter se tornado a principal bandeira de luta do nosso senador, mas, enquanto isso, em sua cidade, Rondonópolis, poucos se importam com a ditadura de Maduro, todos querem mais asfalto, saúde, educação e principalmente segurança, um item que Medeiros deveria defender com unhas e dentes, já que é policial de carreira.

Leia também:  Nas mãos de Fufuquinha

Resta saber se o esforço colossal desempenhado por sua assessoria e pelo próprio Medeiros para ser manchete em veículos de comunicação pelo Brasil afora vão render votos nas próximas eleições e garantir quem sabe uma vaga de deputado estadual para o senador.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.