Médicos do Hospital Regional de Alta Floresta deverão suspender a partir das 19h desta quinta-feira (23) os atendimentos na Unidade. Apenas pacientes que chegarem pela ‘porta vermelha’, que representa casos extremamente graves, serão atendidos.

De acordo com informações, o motivo do protesto é que o Governo teria pago apenas os salários atrasados até o mês de maio, quando a reivindicação era quitar até junho.

As cirurgias eletivas, menos graves e agendadas, já haviam sido suspensas, mas pacientes com febre alta ainda eram atendidos, fato que não acontecerá mais. Os médicos deram até às 19h para que a Secretaria Estadual de Saúde faça o pagamento.

O Governo ainda não se pronunciou sobre o caso.

Leia também:  Com 882,8 mil toneladas processadas, esmagamento de soja apresenta maior patamar mensal em abril
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.