Construção da Escola Estadual no Bairro Maria Thereza em Rondonópolis. Foto: Varlei Cordova/AGORAMT
Construção da Escola Estadual no Bairro Maria Thereza em Rondonópolis. Foto: Varlei Cordova/AGORAMT

A entrega da obra de construção da Unidade Escolar do bairro Jardim Maria Thereza em Rondonópolis está atrasada e a população não está satisfeita. Quem faz a afirmação é o presidente do Conselho de Desenvolvimento do Distrito Salmen, Ailton Pereira Silva. De acordo com Ailton, o valor da construção é estimada em mais de R$ 5 milhões e a data de estrega estava marcada para o dia 21 de janeiro do ano corrente.

Escola Estadual no Bairro Maria Thereza. Foto: Varlei Cordova/AGORAMT
Escola Estadual no Bairro Maria Thereza. Foto: Varlei Cordova/AGORAMT

“A obra não possui nem 20% do trabalho concluído e no local apenas seis funcionários trabalham na construção. A cidade virou um canteiro de obras fantasmas” pontua o presidente.

Ainda conforme Ailton, os moradores buscam marcar uma audiência com o governador do estado em forma se apresentar os problemas.

Leia também:  Bairro Seguro | Forças de Segurança prendem 135 pessoas em apenas 10 horas de operação

RESPOSTA ESTADO 

De acordo com a assessoria da Secretaria de Educação (SEDUC) a empresa responsável pela obra solicitou um pedido de paralisação, porém, o pedido não foi autorizado pela SEDUC que notificou a empresa para que desse continuidade ao trabalho.  Ainda conforme a assessoria, a última visita feita pela secretaria no local foi no dia 07 de junho deste ano e caso a empresa não aumente o número de funcionários para dar agilidade ao processo de conclusão da obra, a empresa pode receber uma notificação extrajudicial por descaso.

Construção da Escola Estadual no Bairro Maria Thereza. Foto: Varlei Cordova/AGORAMT
Construção da Escola Estadual no Bairro Maria Thereza. Foto: Varlei Cordova/AGORAMT

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.