A Polícia Judiciária Civil (PJC), segue investigando o assassinato do jovem Wilson Cirino Andrade, 23 anos. Ele foi morto em fevereiro deste ano, com seis tiros no Jardim Violeta, em Rondonópolis.

De acordo com os investigadores, o inquérito segue com apenas uma linha de investigação, vingança.

“A pessoa suspeita de ser o autor do homicídio, teria matado um colega de Wilson. Conforme levantamos, Wilson teria jurado este suspeito de morte, mas ele também acabou morto”, narra um dos policiais que apuram o inquérito.

Os investigadores já coletaram de imagens de câmeras da região e colheu depoimentos de pessoas ligadas a vítima. Contudo, segundo os policiais, ainda falta alguns detalhes para apontar com firmeza o autor do crime.

Leia também:  Mulher é presa tentando entrar com droga na Mata Grande

RELEMBRE O CASO – Para salvar a filha, homem pula da moto e é assassinato com 6 tiros

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.