Um homem acusado de agredir e torturar uma criança de 8 anos teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Judiciária Civil, na segunda-feira (28), no município de Novo Santo Antônio-MT. O suspeito Lidiomar Oliveira, 21 anos, é irmão do padrasto da criança e agrediu a vítima enquanto cuidava dela, em uma chácara na zona rural do município.

A agressão aconteceu no dia 5 de junho, quando a vítima pediu para passar o final de semana com o “tio postiço”, na chácara. No dia seguinte (06), quando a criança retornou para a casa, a mãe percebeu os hematomas pelo corpo do filho e o encaminhou para hospital onde foi atendido e medicado. Devido aos graves ferimentos físicos e psicológicos causados ao filho, a mãe decidiu procurar a Polícia.

Leia também:  Depois de acidente com ciclistas, jovem caí de moto e morre atropelado por carro em MT

Segundo a apuração da Polícia, o suspeito agrediu a criança durante toda a noite, sem motivo justificável, utilizando de tapas, socos, golpes com varas, além de colocar sal na boca do menino para que sentisse mais dores nos ferimentos. O suspeito ainda teria agredido a criança mais uma vez, na estrada, quando retornavam para o município.

Com base nas investigações o delegado Valmon Pereira da Silva representou pelo mandado de prisão do suspeito, pelos crimes de lesão corporal e tortura, causada a criança. A ordem judicial foi cumprida pela equipe de investigadoras da Delegacia de Novo Santo Antônio, na segunda-feira (27).

Em interrogatório, o acusado apresentou várias versões contraditórias e não conseguiu explicar o motivo de ter agredido a criança.

Leia também:  Corpo de adolescente é encontrado no Rio Cuiabá após nadar com amigo
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.