A Concessionária Rota do Oeste, responsável por trechos da BR-364/163, deve entregar no próximo mês mais um trecho de 45 quilômetros da duplicação no sentido Rondonópolis – MT a Campo Grande – MS. A cobrança do pedágio para a BR-163/364 também pode ter início em agosto ou setembro.

Segundo a assessoria de imprensa da Rota do Oeste ainda não há uma data definida, já que é preciso ainda que o trecho seja entregue e avaliado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Apesar disso, a assessoria confirmou que a previsão de cobrança é de agosto a setembro deste ano. O valor que será cobrado ainda será definido com a ANTT.

Desde o início deste mês que os veículos que passam pela rodovia já podem transitar pelas pistas entre as cabines de cobrança. As primeiras praças com o tráfego 100% liberado na BR-163 estão situadas nos quilômetros 33,6 (BR-163), na região do distrito de Ouro Branco, 214,4 (BR-364), região de Rondonópolis, 316,5 (BR-364), próximo ao colégio agrícola São Vicente, 383,1 (BR-364), entre a Serra de São Vicente e Cuiabá,  479,1 (BR-364), em Jangada, 586,9 (BR-163), próximo a Nova Mutum, km 664,4 (BR-163), em Lucas do Rio Verde e 766,7 (BR-163), em Sorriso.

Leia também:  Governo confirma concessão do Aeroporto de Rondonópolis

MAIS PEDÁGIO

O governador Pedro Taques (PDT) autorizou 14 novos pontos de cobrança de pedágio nas rodovias estaduais.

O decreto nesse sentido prevê convênios entre o estado e associações para cuidar da conservação e manutenção dos trechos das estradas com pedágios.

Dos pontos definidos pelo governo, a maioria está no entroncamento com rodovias federais, como as BRs 364, 163 e 158.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.