Toninho Pinheiro com Vitor Guimarães
Toninho Pinheiro com Vitor Guimarães no momento da filiação 

As eleições de 2016 para as majoritárias ainda irão demorar mais de um ano, mas as conjecturas e movimentações já estão a todo vapor. Um dos partidos que vem se destacando nas filiações é o Partido Social Liberal (PSL).

Nos últimos meses várias filiações têm se agregado ao grupo, inclusive militantes antigos de fortes partidos como o PT e o PR. De acordo com o presidente estadual da sigla, Valdemir Castilho, o Biliu, houve um momento de reestruturação do partido e isso oxigenou o grupo que pretende eleger até dois vereadores. “Até o momento temos 20 pré-candidatos e somando a média de votos de cada um temos convicção que podemos sair bem na eleição do próximo ano” afirmou.

Leia também:  Última audiência para discutir a Lei Orçamentária Anual para 2018 acontece nesta terça (31)

O PSL já teve agregações de nomes antigos e bem conhecidos na política municipal como do João Moto Taxi, ex-PT, que inclusive é suplente de vereador. Ontem (30), foi a vez do ex-PR, Toninho Pinheiro, se filiar ao grupo.

Na próxima semana, já está confirmada a filiação do líder comunitário, Valdivan Domingos da Silva, o Novinho do Parque São Jorge. Ele deixou o PSD e escolheu o PSL como nova alternativa.

Outro nome que possivelmente irá se agregar ao grupo nas próximas semanas é do ex-vereador por três mandatos, Reginaldo dos Santos, o Gudo (PR). Ele afirmou que recebeu o convite e está em fase de conversa com o partido, mas que na próxima semana já terá uma posição.

Leia também:  Pesquisa aponta Governo Abdo com mais de 80% de aprovação

LEIA MAIS 

Com aval de Barreto, militante histórico do PR e suplente de vereador pode deixar a sigla

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.