O vereador Reginaldo Santos (PPS) tem defendido junto à administração municipal a necessidade da climatização e da instalação de computadores com internet na biblioteca pública municipal Manoel Severino da Silva, que fica na região da Vila Operária. Ele já vem cobrando a instalação dos equipamentos desde 2009 e confia que a atual administração Prefeito Percival Muniz através da Secretaria de Cultura, Secretário Luciano Carneiro, irá atender a demanda.

Para o parlamentar, os equipamentos de climatização são de extrema importância para um órgão voltado para a leitura e a pesquisa silenciosa, quando a pessoa precisa estar confortável para poder se concentrar na sua atividade. “Entendemos que é fundamental uma biblioteca ser climatizada. Isso tornaria ela muito melhor, mais confortável e atrativa para a comunidade, pois não tem nada mais desanimador que um estudante ou cidadão ir fazer uma pesquisa na biblioteca e ter que enfrentar o calor. Isso gera um desconforto e tira a concentração dessas pessoas”, afirmou.

Leia também:  PSB apresenta novo presidente do Partido em Rondonópolis

Outra reivindicação do vereador é a instalação de computadores com internet na unidade, que também serviriam para pesquisas. “Essa é uma região com uma população muito grande, que precisa interagir e pesquisar conteúdos para concursos públicos, para escolas e faculdades. Entendemos que esses investimentos seriam de grande valia para esses estudantes e trabalhadores. Estou confiante nestas indicações, pois foram muito bem aceitas pela administração, que já informou que trabalha para viabilizar os nossos pleitos”, completou Reginaldo.

Para o funcionário mais antigo da biblioteca, Almir Santos Bitencourt, o popular Riva, apelido herdado da época de criança e que trabalha há mais de dez anos no local, a falta de climatização, junto com a falta de computadores com internet, tem afastado muito potenciais usuários do espaço público, que procuram por esses confortos em outros espaços. “Nós ainda temos um bom público que nos procura, principalmente de pessoas que querem estudar para concurso público e universitários, e temos um acervo e um espaço bacana, mas na época do calor, as pessoas param de vir aqui, por que aqui fica insuportável. Todas as bibliotecas de universidades e outras já são climatizadas, então, está na hora de climatizar a nossa também”, defendeu.

Leia também:  Clima fica tenso e senadores do PMDB trocam alfinetadas em redes sociais

Ainda segundo o funcionário da biblioteca, a climatização também ajudaria muito na conservação do acervo de livros, além de permitir uma pesquisa com mais conforto. “Acontecendo isso, a nossa biblioteca se tornaria muito mais atrativa e muitas pessoas poderiam vir aqui para ler um jornal, uma revista, pois já temos um espaço agradável, mas poderia ser melhor ainda”, disse.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.