Os servidores públicos de educação do município de Campo Novo do Parecis (Km de Rondonópolis) realizaram a 1ª paralisação da categoria na manhã desta quinta-feira (02) em forma de reivindicar alguns direitos.

Os servidores protestam pelo atraso na construção de escolas, demora em concretizar o Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR) e a reposição salarial real.

A presidente do Sindicato dos Servidores Públicos do município, Jerusa Pinheiro, relata que o motivo do manifesto é antigo, questões que vêm sendo prolongadas e arrastadas por muito tempo. Como por exemplo, a construção de novas escolas e novas salas, uma vez que o município está com salas superlotadas, sobrecarregando professores e dificultando o aprendizado dos alunos.

Leia também:  Liminar suspende leis que dispensavam licenciamento para pequenas pisciculturas

Jerusa expôs ainda as condições físicas das escolas municipais e o quanto cada instituição vem trabalhando para conseguir recursos próprios, por meio de realizações de festas juninas, para tornar o ambiente escolar cada vez mais agradável.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.