As Polícias Civil e Militar de Barra o Bugres (168 km a Médio-Norte) resgataram um empresário do ramo de panificadora, vítima de roubo com restrição da liberdade, no município. O empresário teve sua caminhonete tomada de assalto por bandidos que tentaram invadir uma residência na cidade de Nova Olímpia (207 ao Médio-Norte) e na fuga roubaram quatro veículos. O fato aconteceu na manhã de domingo (12.07).

O empresário foi deixado em próximo ao trevo do lagarto, em Várzea Grande, no final da manhã de domingo e um dos bandidos, identificado por Wadson da Silva Gomes, 22 anos, morador de Várzea Grande, foi preso em flagrante e autuado no plantão de Várzea Grande, por roubo majorado.

O suspeito tinha dado entrada no Pronto Socorro do município por estar com ferimento à bala, na perna, inventando história que havia sofrido tentativa de roubo em Várzea Grande. A história não convenceu os policiais e ele foi reconhecido por uma das vítimas da sequência de roubos.

Leia também:  PF cumpre 19 mandados contra facção criminosa do CV em Rondonópolis e região

Na manhã do domingo (12.07), por volta das 5 horas, quatro bandidos armados tentaram invadir uma residência na cidade de Nova Olímpia. O proprietário ao perceber a ação dos suspeitos abriu a porta da residência, quando um dos suspeitos passaram a efetuar disparos de arma de fogo e acabaram o atingindo no braço. Um dos suspeitos também foi atingido na perna, porém, até o momento não se sabe de onde partiu o disparo que atingiu o suspeito.

Em seguida, os suspeitos empreenderam fuga em um veículo Polo até o trevo de Nova Olímpia, quando abandonaram o veículo e então interceptaram um ônibus que fazia o transporte de funcionários de uma Usina.

Mediante ameaças, os suspeitos renderam todos os passageiros e obrigaram o motorista a seguir até o Distrito de Assari. Ao chegar no Distrito, abandonaram o ônibus e interceptaram um Fiat Siena e obrigaram a motorista a seguir com eles até a cidade de Barra do Bugres.

Leia também:  Dois menores são apreendidos e outro consegue fugir após invadir residência e render as vítimas no Parque Universitário

Em Barra do Bugres, os suspeitos mais uma vez trocaram de veículo. Ele renderam um empresário que estava em uma caminhonete e foi obrigado a seguir com os bandidos.

Diante da notícia, equipe de policiais civis de Barra do Bugres, coordenada pelo delegado João Paulo Praisner, juntamente com Policiais Militares da região, passaram a realizar diligências para localizar a vítima e também os suspeitos. “Após três horas de buscas em estradas vicinais e rodovia, obtivemos informações de que um indivíduo havia dado entrada em um hospital na cidade de Várzea Grande com um ferimento na perna ocasionado por disparo de arma de fogo”, disse o delegado.

Equipes da Polícia Civil e Militar se deslocaram até Várzea Grande e localizaram o empresário que era mantido refém. Ele tinha sido libertado em um bairro de Várzea Grande, nas proximidades do Trevo do Lagarto, e não apresentava lesões corporais.

Leia também:  Com mandado de prisão em aberto, homem é preso dentro de abrigo

Bastante traumatizado, em razão da ação dos bandidos, a vítima relatou que durante o trajeto entre Barra do Bugres e Várzea Grande permaneceu encapuzado e a todo tempo era ameaçada pelos suspeitos fortemente armados.

A vítima ainda contou que os bandidos disseram no trajeto, que caso encontrassem uma barreira policial não parariam e iriam efetuar disparos contra os policiais.

Ainda no domingo, o empresário seguiu com os policiais até Barra do Bugres. Na entrada da cidade diversas pessoas entre familiares e amigos o aguardavam.

O delegado João Paulo Praisner destacou que o trabalho conjunto entre as Policiais Civil e Militar foi determinante para localização da vítima e para a identificação e prisão de um dos suspeitos.

As investigações seguem para identificação e prisão dos demais suspeitos, que segundo o delegado seriam quatro.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.