Uma fonte da Coluna Bastidores revelou fatos que podem causar a instalação da 1ª Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) nesta legislatura. De acordo com as informações, e que já estão sendo apuradas por nossas equipes de reportagem, ficaria comprovado o desvio do material doado, aproximadamente 800 caminhões, proveniente da recuperação do asfalto feito pela Construtora Odebrecht e por consequência a Concessionaria Rota do Oeste que detém o direito de exploração das rodovias federais (BR 364 / 163) que cortam o município de Rondonópolis.

O material desviado, cerca de 300 caminhões de asfalto fresado, teriam sido doados sem autorização da municipalidade à transportadoras e outras empresas particulares para a pavimentação de pátios e ruas de acesso as empresas. O material desviado foi doado pela Odebrecht à Prefeitura de Rondonópolis e seria utilizado, segundo a fonte, para “pavimentar” algumas ruas da cidade.

Leia também:  PMDB projeta eleger cinco estaduais em 2018

A denúncia feita a Coluna Bastidores, revelou que servidores do Executivo, vereadores e empresários já estariam preocupados com o fato do desvio se tornar público. Em breve o AGORA MT trará novidades.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.