O Barcelona quer renovar com Neymar ao longo desta temporada, informa o diário “Marca” nesta quarta-feira (26). Com o jogador prestes a iniciar a sua terceira temporada no clube catalão e, diante da evolução em campo e dos títulos conquistados, a diretoria estaria considerando que é a hora certa de melhorar o contrato do brasileiro, que não teria tanta pressa assim para renovar e possui vínculo até junho de 2019 com os espanhóis.

De acordo com o jornal, os valores não seriam baixos, e ele se tornaria o dono do segundo salário mais alto do elenco caso aceite a proposta. Atualmente, ele recebe até € 10,5 milhões (R$ 43,3 milhões) anuais brutos – menos que Luis Suárez, Iniesta e Daniel Alves (segundo o “Marca). Se fechar acordo, ficará atrás apenas de Messi na lista dos maiores vencimentos, fora os € 40 milhões (R$ 165 milhões) que ganharia para assinar.

Leia também:  Palmeiras assume a vice-liderança após vencer Grêmio fora de casa

Pesa também, é bom dizer, o interesse de clubes como o Manchester United, que ofereceu € 190 milhões (R$ 766 milhões) pelo camisa 11. De acordo com o jornal britânico “The Sun”, ao todo, o time inglês estaria disposto ainda a gastar € 326 milhões (R$ 1,3 bilhão) na negociação. O clube catalão nega que tenha conversado com os ingleses, mas prefere não se pegar nessa questão e foca seus esforços na missão de renovar com o jogador.

Além dos R$ 766 milhões pagos ao Barça e de taxas, o gasto de R$ 1,3 bilhão incluiria um belo salário para Neymar. A proposta do Manchester United é de pagar ao brasileiro € 101,8 milhões (R$ 418,6 milhões) durante cinco anos de contrato, o que daria R$ 83,7 milhões por ano ou R$ 6,9 milhões por mês.

Leia também:  Brasil começa a Copa enfrentando Suíça, Costa Rica e Sérvia
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.