Foto: assessoria
Foto: assessoria

A Biblioteca Pública Municipal Manoel Severino da Silva lançou, recentemente, o projeto ‘Um Escritor na Biblioteca’. O objetivo é utilizar o espaço para promover encontros de escritores locais com o público leitor das escolas e comunidade, como uma forma de estimular o interesse pela leitura e também de despertar o talento de futuros escritores rondonopolitanos.

O primeiro encontro foi do escritor Hermélio Silva, membro da Academia Rondonopolitana de Letras, com 70 alunos da Escola Estadual Daniel Martins de Moura.

Durante a interação houve momento de bate-papo sobre a experiência de ser escritor, do processo criativo de uma obra, suas visões de mundo e motivações e da visão dos alunos sobre a habilidade de escrever. “Espero que os alunos tenham absorvido a mensagem, a interação que realizo contando um pouco da minha história de escritor”, comentou Hermélio.

Leia também:  Sarau literário do Ceac acontece em Rondonópolis

A professora Cristiane Zambolin Teodoro foi quem acompanhou a turma. Segundo ela, trabalhar este tema junto aos estudantes é enriquecedor para a formação deles. “Os alunos se interessam pela produção dos escritores de nossa cidade porque percebem que os autores são pessoas que tiveram uma origem e um caminhar semelhante ao que a maioria deles possui, desse modo a literatura não é algo distante e inimaginável, mas torna-se algo real e próximo da realidade dos estudantes”, disse.

De acordo com Marcela Tavares de Lima, gerente de Bibliotecas, o projeto terá sua segunda edição em breve, e a ideia é trazer sempre um escritor rondonopolitano para o bate papo com os estudantes.

“O projeto é interessante, viável e parabenizo a Marcela, a Biblioteca e a Secretaria”, elogiou Hermélio.

Leia também:  Bombeiros registram quase 400 casos de incêndios em Rondonópolis

“Há muitos alunos nas escolas públicas que se interessam pela produção de contos, crônicas, poesias, textos jornalísticos entre outros gêneros. O projeto possibilita a oportunidade de eles perceberem que são capazes e com dedicação e estudo podem se tornar os próximos escritores rondonopolitanos”, finalizou Cristiane.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.