curtosNão foi só a atriz Maria Flor que radicalizou no look e adotou os cabelos curtinhos. Camila Rodrigues e Paloma Duartetambém já desapegaram dos fios longos. Em conversa com o EGO, o cabeleireiro Neandro Ferreira, responsável pelo corte de Maria Flor e Camila Rodrigues, afirma que as mulheres não devem se prender ao formato do rosto. Segundo ele, tudo depende de estilo: “A mulher tem de usar o cabelo, não deixar com que ele a use”.
No caso de Maria Flor, a textura dos fios ajudou: “Como ela tem cabelos cacheados, ficou mais fácil de construir movimento”, conta o profissional. Ele acredita que qualquer tipo de cabelo pode combinar com o corte: “Com fios lisos é mais fácil de construir linhas retas, mas os cacheados ficam até mais bonitos, mais românticos”. A atriz conta que está supersatisfeita com o visual: “Adorei! Tive um pouco de medo no início, mas acho muito elegante ter cabelo ‘Joãozinho'”, diz ela, que garante não ser nada difícil cuidar do novo visual: “Nunca foi tão fácil cuidar do cabelo. Recomendo para todas as meninas”.
Camila Rodrigues apostou em uma mudança gradativa. Até chegar ao visual de hoje, feito com máquina quatro, ela começou cortando o cabelo na altura dos ombros. A atriz avançou para o Chanel até chegar ao “Joãozinho”. “Depois disso, raspei. Preferi que fosse assim a fazer no susto. Então quando raspei foi tranquilo, não teve tanto impacto. Se tivesse feito de uma vez só acho que seria um baque maior”. Sobre os cuidados com os fios, Camila alerta que o cabelo curto também precisa de hidratação. “No início não passava creme, achava que não precisava. Mas notei que estava ficando duro e agora passo. Mas só xampu e creme, não precisa nem pentear”.
O corte não é só tendência entre as famosas: “Estamos vivendo um momento unissex, em que as mulheres procuram lojas masculinas para se vestir e até barbeiros para cortar os cabelos”, acredita Neandro. Camila Rodrigues concorda: “Estou gostando dessa coisa mais homenzinho. Me acho poderosíssima com este cabelo curto. Dá uma atitude diferente. É você com você mesma, nua a crua ali”.
Para adotar esse tipo de corte é preciso um pouco de coragem, mas o visual pode ser diferente a cada dia. “É mais fácil de se construir uma forma, de modelar. O cabelo da mulher acorda de um jeito hoje e de outro amanhã”, afirma o profissional, que defende os fios curtinhos. “A vida é muito curta para um cabelo longo”.

Leia também:  Confira modelos de faixas coloridas para bebês | Moda e Beleza
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.