O superintendente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) de Mato Grosso, Salvador Soltério de Almeida, foi exonerado esta semana após as manifestações realizadas pelos membros dos Movimentos Sociais, Associações e Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Rondonópolis e do estado. Esta era uma das principais reivindicações do grupo.

Porém, de acordo com o coordenador estadual do movimento, Wendell Girotto, as mobilizações e bloqueios devem continuar até a vinda de uma equipe do MDA e do Incra nacional para a negociação dos itens que faltam, como a participação dos movimentos sociais na escolha do novo nome para assumir a SR-13 MT e o assentamento das famílias que estão acampadas em MT.

Ainda segundo o grupo, são mais de mil famílias de trabalhadores e trabalhadoras rurais participando desta jornada de lutas, que tem como objetivo principal cobrar e colocar em pauta as políticas do Governo para a Reforma Agrária.

Leia também:  Assistência Social de Alto Taquari dá pontapé inicial em "Campanha do Cobertor"
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.