Palestra da PM Ambiental sobre queimadas urbanas - Foto: Varlei Cordova / AGORA MT
Palestra da PM Ambiental sobre queimadas urbanas – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

Uma parceria entre a Polícia Militar Ambiental (PM), Juizado Volante Ambiental (Juvam), Ministério Público Estadual (MPE) e Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semma), leva informações sobre queimadas urbanas, para crianças e adolescentes, alunos da rede municipal de educação. A abertura aconteceu na tarde de hoje (03), na Escola Municipal Gisélio da Nóbrega, em Rondonópolis.

Lima Jr. Major - Foto: Varlei Cordova / AGORAMT
Lima Jr. Major – Foto: Varlei Cordova / AGORAMT

De acordo com o comandante da PM ambiental, major Lima Junior, a proposta é conscientizar as crianças, para que elas ajudem a coibir práticas comum, como a queima de lixo ou folhas.

“Nossa intenção com o vídeo institucional seguido de palestra, é mostrar o mal que as queimadas proporcionam, além da questão de fiscalização e penalidade”, explicou o major.
Para o gerente municipal do núcleo de fiscalização ambiental, João Fernando Copetti, o projeto proporcionar um impacto positivo para área urbana.

Leia também:  BR-364 será interditada para detonação de rocha nesta sexta-feira (28)

“Ainda não há números, mas percebemos que de um ano para o outro houve uma melhora neste sentido das queimadas urbanas, por isso, trabalhos como estes, de conscientização sempre são bem aceitos”, argumentou Copetti.

Até o dia 14, o programa atingirá 25 escolas, isto é, cerca de 5 mil alunos atendidos.

Palestra sobre queimadas com alunos na Escola Gisélio da Nóbrega - Foto: Varlei Cordova / AGORAMT
Palestra sobre queimadas com alunos na Escola Gisélio da Nóbrega – Foto: Varlei Cordova / AGORAMT

A professora de biologia da escola Gisélio, Iraniuce Morais de Souza, afirma que este tema, queimadas é amplamente discutido na sala de aula, porém ela acredita que o assunto poderia ser mais trabalhado pelo Poder Público.

“É sempre bom esse tipo de evento que vem e reforçar para as crianças e adolescentes o mal que a queimada pode proporcionar as pessoas. Seria mais interessante se o as instituições proporcionasse mais destas palestras para os alunos”, sugeriu ela.

Leia também:  Vândalos atacam o sistema de iluminação pública em Rondonópolis
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.