Assaltantes levaram celulares da loja Havan de Várzea Grande - Imagem circuito interno de segurança
Assaltantes levaram celulares da loja Havan de Várzea Grande – Imagem circuito interno de segurança

Dois homens foram presos na tarde de segunda-feira (10), durante cumprimento de dois mandados de prisão temporária decretados por crime de roubo majorado com emprego de arma de fogo e concurso de pessoas. Eles são suspeitos de serem os autores do roubo ocorrido na loja Havan, em Várzea Grande.

Os acusados, Marcos Roberto de Azevedo, 24, e Joezelmo do Bonfim Pinheiro, 30, foram presos pela equipe de policiais civis da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), de Várzea Grande,  responsável pela elucidação do caso.

O assalto aconteceu no final da manhã do dia 23 de junho deste ano, quando dois homens invadiram a Loja Havan, instalada na Avenida da Feb. Na ocasião os criminosos levaram 25 aparelhos celulares, causando prejuízo ao estabelecimento comercial de aproximadamente R$ 29 mil.

Leia também:  Homens armados roubam motocicleta e deixam vítima a pé no Carlos Bezerra

Os dois bandidos mediante ameaça exercida com emprego de arma de fogo, anunciaram o assalto, rendendo os funcionários do estabelecimento. Em seguida, os suspeitos pegaram os produtos e saíram correndo do local. Antes de deixar o local, efetuaram disparos de arma de fogo.

Na investigação conduzida pela equipe do delegado de polícia, Marcelo Miranda Muniz, os funcionários do estabelecimento comercial foram ouvidos na Derf e informaram detalhes sobre a ação criminosa.

“Um funcionário foi abordado pelos assaltantes, sendo que um deles apontou a pistola de cor preta, mandando que o mesmo ficasse quieto. Em seguida, os bandidos subtraíram a mercadoria e saíram correndo. Já na porta de saída da loja um deles efetuou disparos de arma de fogo”, detalhou Marcelo Muniz.

Leia também:  Foragido pelo assassinato da namorada há 25 anos em Santa Catarina, é preso em MT

Com depoimento de testemunhas, levantamento de informações e análise do acervo fotográfico de suspeitos, os dois envolvidos, Marcos Roberto e Joezelmo, foram reconhecidos como os autores do assalto.

Os dois tiveram mandados de prisão temporária representados pela Delegacia, deferidos pela 4ª Vara Criminal da Comarca de Várzea Grande. As ordens judiciais foram cumpridas após os dois acusados serem detidos simultaneamente pelos policiais civis e encaminhados à Derf. Eles foram submetidos ao reconhecimento pessoal e novamente reconhecidos como autores do roubo.

Em interrogatório ambos negam a participação no assalto, eles serão encaminhados ao Sistema Prisional.

O inquérito policial será concluído nesta terça-feira (11.08) e enviado à Justiça com indiciamento da dupla por roubo majorado pelo emprego de arma de fogo e concurso de pessoa.

Leia também:  Colisão entre dois veículos causa capotamento na rua 15 de Novembro
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.