A Polícia Judiciária Civil de Primavera do Leste, deflagrou na tarde de hoje (10), a Operação Karcharias, que visa combater crimes contra a administração pública. A casa de um vereador foi vasculhada por policiais.

Vereador Messias de Caprio - Foto: Divulgação
Vereador Messias de Caprio – Foto: Divulgação

De acordo com o delegado de polícia, Rafael Fossari, estão sendo cumpridos dois mandados de busca e apreensão, sendo na Câmara Municipal e em residência particular de vereador Messias Di Caprio, (ex apresentador em Rondonópolis). “Estamos ainda cumprindo o mandado, buscando informações e documentos”, salientou.

A Operação Karcharias, é uma determinação da Secretaria Estadual de Segurança Pública que apura crimes Contra a Administração Pública. Este trabalho tem como meta a conclusão de 200 inquéritos ligados a crimes na gestão pública e corrupção. Desse total, 100 inquéritos são de casos ocorridos em Cuiabáe os outros 100, no interior.

Leia também:  Colisão frontal resulta em morte na BR-364 em Pedra Preta

ATUALIZAÇÃO

Durante a operação, foram apreendidos computadores, pendrives, documentos e DVDs. De acordo com a Polícia Civil, não houve mandado de prisão, apenas de busca e apreensão.

Uma nota divulgada pelo delegado Adriano Alencar, que conduz as investigações em Primavera do Leste, a Operação foi motivada por denúncias feitas em redes sociais sobre um suposto esquema para aprovação de um projeto de lei que beneficiaria um empresário do ramo imobiliário. Além disso, foram denunciadas outras infrações graves, como uso indevido de verba de gabinete e de carro oficial e justificação infundada para ausência a sessões no plenário.

A Polícia Civil colheu depoimentos a respeito dos indícios de crimes na administração pública, os quais embasaram os pedidos de mandados de busca e apreensão para a tentativa de colher provas.
Em uma rede social, a presidência da Câmara Municipal de Primavera do Leste publicou uma nota esclarecendo que a ação policial ocorrida na tarde desta segunda-feira na sede diz respeito a denúncias ligadas somente ao vereador Messias Di Caprio. O mandado de busca e apreensão cumprido na Câmara, enfatiza a nota, foi expedido especificamente para o gabinete do vereador, “portanto, nada relacionado a esta administração ou à Mesa Diretora desta Casa”, finaliza a nota.

Leia também:  Embriaguez ao volante | Homem provoca acidente envolvendo 6 carros na BR-364
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.