Foto: Divulgação / PJC
Foto: Divulgação / PJC

A Polícia Judiciária Civil (PJC), prendeu na manhã desta terça-feira (18), o suspeito Tiago Carvalho de Oliveira, 20 anos, acusado de matar uma mulher, grávida de cinco meses na época, no bairro Nova Conquista, em Cuiabá. O crime ocorreu no dia 31 de julho. Há suspeitas que Tiago fosse o suposto pai do filho que a vítima esperava.

O delegado Geraldo Gezoni informou que o suspeito teve a prisão preventiva decretada pela 2ª Vara Criminal de Cuiabá. De acordo com o inquérito policial, na noite do crime, Tiago chamou a vítima Hérica Patrícia Oliveira Rodrigues, 19 anos,para um local ermo com a intenção de ter relação sexual com a jovem.

Já no local e em posse de uma faca, o suspeito deu alguns golpes de faca nas costas da vítima, que saiu correndo para sua residência e acabou caindo no quintal da casa. A jovem foi encontrada pela irmã, seminua e ainda com vida. Em depoimento à Polícia, a testemunha contou que Hérica chegou a pronunciar as primeiras letras do nome do suspeito, mas acabou vindo a óbito antes de revelar o nome do acusado.

Leia também:  Acusado de participação em latrocínio é preso pela Polícia

A irmã da vítima ainda contou, que em seguida, correu até a rua, momento que viu o suspeito saindo dos fundos de uma casa em direção a outra via. Segundo a testemunha, assim que ele a viu saiu correndo do local.

O delegado Geraldo Gezoni disse que a vítima estava grávida e que um exame de DNA irá confirmar a paternidade de Tiago. Conforme o delegado, o laudo de necropsia e conjunção carnal ainda não foram entregues pela Politec.

A vítima também não tinha registro de identidade, apenas certidão de nascimento que teria vendido para uma vizinha. Quando consultada acusou identidade em nome de outra pessoa. Foi preciso confrontar material genético da vítima com amostra de um membro da família, para confirmar a identidade da mulher assassinada.

Leia também:  Criminosos entram em motel roubam hóspedes e faz funcionária de refém
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.