Silva Sá Ten Coronel Pm. Foto: Varlei Cordova / AGORAMT
Tenente coronel da PM, Silva Sá Foto: Varlei Cordova / AGORAMT

Cerca de 100 policiais militares devem garantir a segurança dos presentes na 43ª Exposição Agropecuária, Industrial e Comercial do Sul de Mato Grosso (Exposul), realizada entre os dias 8 e 15 de agosto. De acordo com o tenente coronel Silva Sá, que assume a partir de hoje, o 5º Comando do Batalhão da Polícia Militar (PM), o esquema de policiamento conta com algumas novidades como o apoio da cavalaria da PM e da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer).

Ele explica que serão o policiamento será realizado em vários locais tanto externo quanto dentro do Parque de Exposições. “Haverá o policiamento na rodovia [MT-270] para reduzir os roubos e furtos provenientes do trânsito lento. Nas entradas do parque, tanto na principal quanto nas secundárias, acompanhando a segurança privada durante a revista metálica, ” explicou o coronel.

Leia também:  Semana Nacional de Trânsito será marcada por programação intensa sobre boas práticas na condução de veículos

Quanto parte interna do Parque de Exposições, ele explicou que após estudar os esquemas de policiamento anteriores durante o evento, decidiu colocar viaturas em pontos fixos no local. “Vamos trabalhar com o policiamento estacionário no interior do parque, com diversas bases, onde ficarão visíveis as viaturas com giroflex e os policiais. A ideia é que a sociedade saiba onde a Polícia está, ” disse Silva Sá.

Ao ser questionado se o policiamento da cidade seria afetado, ele esclareceu que o número de policiais e de guarnições serão mantidas como é feito regularmente. “Nós vamos enxugar agora e abrir após a Exposul, respeitando as folgas dos policiais. O que vamos fazer é esse remanejamento. ”

Leia também:  Por determinação contratual, serviço tem novas tarifas

Com o apoio do Comando Geral com mais 10 policiais militares e ainda com o agrupamento da cavalaria e a guarnição da Ciopaer, o coronel disse que estão sendo tomadas todas as medidas para evita a criminalidade. “Estou tomando todos os procedimentos para que não ocorra a criminalidade, mas se ocorre, que consigamos conter com a agilidade, ” finalizou.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.